Obras da Deso chegam à orla da Praia dos Artistas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 21/07/2012 às 13:05:00

As obras de implantação de rede de esgoto realizadas pela Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) seguem a todo vapor em vários bairros da capital sergipana. Na Coroa do Meio, a última etapa deste serviço está sendo executada no trecho da Orlinha da Praia dos Artistas. Com um investimento na ordem de R$ 3 milhões, o empreendimento tem mais 4,9 quilômetros de extensão de rede construída. A conclusão da obra está prevista para abril de 2013.

Segundo o engenheiro da Deso, Jorge Inácio Rocha Oliveira, 46% da obra já está adiantada. "Um dos pontos mais positivos deste serviço é a preservação do meio ambiente na região, neste caso a praia dos Artistas. Os demais benefícios já são esperados quanto as obras de saneamento básico, que é saúde e mais qualidade de vida para todos que têm acesso ao esgotamento", afirmou.

Ele explicou ainda que para o serviço ser concluído, restam apenas as ligações de redes, a pavimentação e o passeio que estão sendo executados pela empresa MRM Construtora. Esta semana, as máquinas trabalham na avenida Santos Dumont, nas proximidades do Farol da Coroa do Meio, onde o trânsito está temporariamente interditado em um lado das vias. A pista está sinalizada e a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) foi solicitada para fazer a orientação do tráfego.

Além dos estabelecimentos comerciais, todo complexo habitacional na área terá acesso a coleta e tratamento de esgoto. Um dos benefícios do esgotamento sanitário é que o preço daqueles imóveis com acesso a rede de esgoto pode sofrer valorização de até 18%, conforme confirmou uma pesquisa divulgada pelo Instituto Trata Brasil em 2010.

Além da Coroa do Meio, os investimentos do Governo do Estado em implantação de rede de esgoto são empreendidos pela Deso nos bairros Ponto Novo, Farolândia, Atalaia, Garcia, Grageru e Jardins. A meta é melhorar as condições de desenvolvimento humano e a preservação do meio ambiente na capital sergipana.