Neymar diz que a seleção deu a volta por cima e vive a na nova "Era Dunga"

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Neymar admite que o brasil já superou o trauma dos 7x1 contra a Alemanha e agora vive a nova \"Era Dunga\"
Neymar admite que o brasil já superou o trauma dos 7x1 contra a Alemanha e agora vive a nova \"Era Dunga\"

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 28/03/2015 às 00:44:00

Paris - Na saída dos vestiários, os jogadores da seleção brasileira se mostraram satisfeitos com a atuação na vitória por 3 a 1 sobre a França, nesta quinta-feira, mas não se deixaram levar pela euforia. Autor de mais um gol com a camisa do Brasil, Neymar evitou comparar o momento atual com o vivido em 1998, na derrota para os franceses na decisão da Copa do Mundo, mas reconheceu que a atmosfera mudou e que a equipe deu a volta por cima após o 7 a 1 sofrido diante da Alemanha.

Para o astro do Barcelona e do Brasil, o mais importante no jogo desta quinta não foi nenhuma eventual revanche contra a França, 17 anos após o 3 a 0 que deu ao adversário o título mundial, e sim a atuação convincente. "É um estádio histórico, vencer dentro da casa deles é especial", reconheceu. "Mas não tem essa (de revanche). Passou muito tempo, é outro jogo, são outros jogadores. Não tem nada a ver. Só fizemos o nosso papel, que era vencer", afirmou o artilheiro da nova era Dunga. Segundo Neymar, a seleção ainda está se levantando depois do tropeço no Mundial do Brasil.
"Foi difícil depois do que aconteceu na Copa do Mundo. Mas demos a volta por cima. Sabemos que não podemos baixar a cabeça. O passado é história. Já fizemos sete jogos, e hoje foi muito bom", afirmou. "A autoestima não pode cair nunca."