Governo quer melhorar indicadores de Saúde, Segurança e Educação

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 01/04/2015 às 11:55:00

Como visão de Governo, foi estabelecido que o objetivo é fazer de Sergipe referência na melhoria dos indicadores na área de Educação, Saúde e Segurança Pública, expandindo o ciclo de desenvolvimento sustentável, estendendo-o especialmente aos municípios menos desenvolvidos, a fim de diminuir as disparidades espaciais de renda e de condições de vida, e promover os valores culturais da gente sergipana.

O assessor econômico do governo, professor Ricardo Lacerda, demonstrou, durante o evento, as desigualdades no desenvolvimento municipal e territorial em Sergipe. Ele explicou que embora, nos últimos oito anos, Sergipe tenha conquistados grandes vitórias, como o maior equilíbrio na geração de empregos formais na capital e no interior, e na elevação do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) na maioria dos municípios sergipanos, como também no que se refere à diminuição da pobreza extrema no estado, ainda assim, há muito que ser feito para promover  o equilíbrio econômico e social no estado, para permitir o desenvolvimento e oportunidades iguais para todos os cidadãos sergipanos, nascidos nos oitos territórios de Sergipe.

Valores - Governo presente; equilíbrio entre os municípios sergipanos; ética e transparência; qualidade na gestão pública; responsabilidade fiscal; desenvolvimento sustentável e trabalho e criatividade foram os setes tópicos apresentados como valores que devem nortear o trabalho de todos que fazem o Governo do Estado.

"Qualidade nos serviços, visão de que o nosso governo é para todos, mas que é preciso deixar claro nossas prioridades de trabalho, buscar informações para promover o debate para equilibrar socialmente e economicamente todo nosso estado, isso é fundamental para termos prosperidade, desenvolvimento com base sustentável e elevar a qualidade das políticas públicas. Esse é o eixo das ações de governo, porque quero um governo presente que vá até o povo, conheça os problemas e dificuldades de cada população sergipana para enfrentar esses desafios. Só assim podemos levar para todos um desenvolvimento abrangente, pensando no presente, mas especialmente no futuro, para cuidarmos do futuro, das novas gerações", afirmou o governador.

Para Jackson Barreto, principalmente nessa época de crise é imprescindível ter o trabalho como valor essencial à vida humana e a criatividade como uma aliada para superar obstáculos.

"Sergipe depende do trabalho de cada um de nós, da união de forças de nós que somos o governo. Depende do nosso desempenho. Não podemos ser repetitivos, temos que ser criativos, para oferecermos o que há de melhor à sociedade sergipana. Precisamos ser menos burocráticos e mais criativos nas nossas ações para deixarmos um legado para nossa gente. Modernizar a administração, qualificar os servidores, não baixar a cabeça e enfrentar os desafios expostos, com criatividade e rapidez. Demos o primeiro passo, aqui hoje, para unificar a equipe, nossas forças de trabalho para atingir os objetivos dessa gestão e cumprirmos o nosso papel como gestores, pelo povo de Sergipe", concluiu Jackson.