Operação de guerra

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 02/04/2015 às 10:13:00

Começa a Operação Semana Santa, realizada todos os anos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na esperança de reduzir a violência no trânsito durante o feriadão. Para tanto, policiais reforçarão a fiscalização em trechos estratégicos em rodovias federais. Uma operação de guerra. Todo o efetivo da PRF, inclusive policiais que atuam na área administrativa, foi convocado para atuar no período.

Os especialistas afirmam que as mortes causadas por acidentes de trânsito nas ruas, estradas e rodovias brasileiras crescem na proporção de uma epidemia. Sem campanhas permanentes, que tragam à devida responsabilidade o cidadão atrás do volante, portanto, o calendário inteiro restará associado a uma estatística macabra.

Realidade triste, que pode ser constatada por qualquer um. Quem pega uma estrada não sabe se vai chegar, nem como. Todo santo dia é assim, mas nos feriados prolongados costuma ser ainda pior. Segundo balanço realizado pela Polícia Rodoviária Federal, pelo menos 172 pessoas morreram em acidentes em rodovias estaduais e federais do país durante o último feriadão de Semana Santa e Tiradentes. Quase duzentos mortos, num piscar de olhos.

Acidentes acontecem, mas o absurdo fez morada nas BRs, mais certo do que as curvas sinalizadas e os animais que, volta e meia, invadem a pista. Excesso de velocidade, ultrapassagens irregulares e consumo de bebida alcoólica são tão perigosos quanto frequentes. Infelizmente, imprudência e pressa não são os únicos personagens da história. As vítimas completam o elenco da crônica de uma tragédia anunciada.