Esmeralda rebate acusações

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 02/04/2015 às 10:38:00

Ontem (01) a prefeita de Carmópolis, Esmeralda Cruz, mostrou quem não deve, não teme. Durante participação no programa Jornal da Ilha, comandado por Gilmar Carvalho, a gestora rebateu acusações infundadas a respeito de sua administração.

 "Carmópolis tem sofrido muito. O problema começou em 2013.  No mês de julho, agosto e setembro de 2014, perdemos cerca de R$ 2 milhões por mês. De dezembro para cá já, perdemos mais de 16 milhões royalties. Eu usava esse repasse para executar ações no município. Nós evoluímos em diversos setores, mas com esse recurso interrompido fica muito difícil", afirmou a prefeita.

Questionada sobre às denúncias relacionadas ao contrato de licitação da Plamed com a prefeitura, a gestora explicou que o Ministério Público de Carmópolis inspecionou e arquivou o caso, por inexistência de irregularidades.  
A prefeita afirmou ainda que já está prestando queixa contra o autor da denúncia, seu ex-cunhado, Célio França, que possui uma série de processos na Justiça e está sendo motivado pela oposição. "Essas queixas são movidas exclusivamente por questões pessoais e políticas, feitas de maneira irresponsável. Há dois anos que sofro denúncias sem fundamento. São de caráter inteiramente pessoal. Minha ficha é inteiramente limpa", relatou Esmeralda.
Quem também participou do programa, via telefone, foi o deputado estadual e proprietário da Plamed, Luiz Mitidieri.  "Conheço Esmeralda há anos, sei da sua índole como amiga e como profissional. Posso afirmar que não há irregularidades nesse contrato".

Esmeralda Cruz provou que o gestor honesto não deve ficar calado e nem se deixar abater por críticas vazias, pois, para que a população não caia nas mentiras contadas pelas ruas, o povo precisa conhecer a realidade do seu município.