Romário é condenado por criticar Marin e Del Nero e terá que desembolsar R$ 20 mil

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Mesmo como senador, Romário foi punido e pagará indenização AJosé Mari Marin e Marco Polo del Nero
Mesmo como senador, Romário foi punido e pagará indenização AJosé Mari Marin e Marco Polo del Nero

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 03/04/2015 às 00:46:00

As críticas do Senador Romário aos comandantes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) doeram no bolso. Isto porque o tetracampeão mundial foi condenado em segunda instância, a pagar R$ 20 mil a Marco Polo Del Nero e José Maria Marin por ter afirmado que a dupla deveria pegar 100 anos de prisão.
,"A CBF tem um presidente que é ladrão de medalha, ladrão de luz, ladrão de terreno. Esse cara deveria pegar no mínimo 100 anos de cadeia. E o pior é que, pelo que eu estou vendo por aí, se as coisas não mudarem no Brasil, a gente vai ter um novo presidente da CBF, que está nesse grupo, que também deveria pegar 100 anos de cadeia, que é o senhor chamado Marco Polo Del Nero", afirmou o Baixinho em setembro de 2013.

Romário, então deputado federal, perdeu nos tribunais no final de 2013 e tentou usar a imunidade parlamentar, para anular a derrota da primeira instância. A 4ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, no entanto, não concordou com a apelação e confirmou a decisão inicial.
Recém-eleito Senador, Romário é um dos maiores críticos da CBF. Nem mesmo a multa deve ser capaz de impedir que o ex-atacante da Seleção Brasileira continue reclamando dos atuais mandatários do futebol nacional. Marco Polo Del Nero assume a CBF a partir do próximo dia 16.