Vereador denuncia epidemia do vírus Chikungunya em Sergipe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 08/04/2015 às 00:01:00

O Dia Mundial da Saúde foi o tema discutido pelo vereador Dr. Emerson (PT) ontem, 7, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA). "O tema adotado é o da Segurança Alimentar, entendendo a saúde como um bem estar psíquico-social, com acesso a moradia, transporte de qualidade, a uma remuneração digna, condições de trabalho adequada e saneamento ambiental. Então, é esse o contexto que devemos analisar hoje a questão da saúde e não apenas na relação de ausência ou presença de doença. Nós adoecemos no dia a dia seja do ponto de vista emocional, seja do ponto de vista das condições socioeconômicas estabelecidas", argumenta Dr. Emerson.

Além disso, o parlamentar também chamou a atenção para o número cada vez maior de pessoas que apresentam sintomas do vírus Chikungunya em Sergipe. "Quero abordar a minha fala em relação ao Dia da Saúde hoje aqui trazendo uma discussão que tenho ouvido o silêncio com relação às autoridades da saúde tanto do nosso Estado, quanto do nosso município e é preciso que nós orientemos a população, dando respostas para a sociedade. Enquanto médico eu tenho atendido cerca de 10 a 20 pessoas por semana que chegam no consultório com um quadro de febre, de dores no corpo, com muitas dores há algum tempo e isso é preocupante", revela o parlamentar.

Na última semana, o vereador Dr. Emerson também foi acometido por essa virose e tem observado o aumento dos casos no Estado. "Eu tenho tido o cuidado no consultório de pedir a sorologia para os pacientes, peço para dengue, rubéola, sarampo, peço para todas as viroses e esses pacientes têm trazido, inclusive para a dengue o resultado é negativo", revela o vereador. Ele enfatiza que o vírus Chikungunya chegou a Sergipe e muito provavelmente seja ele o responsável por esse número crescente de pacientes com esta virose.