Calçados são distribuídos para cumprir acordo judicial

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 08/04/2015 às 10:11:00

No último dia 27 de março, os procuradores do Trabalho Emerson Albuquerque Resende, Clarice de Sá Farias Maltas e o juiz do Trabalho do TRT20, Luiz Manuel Andrade Meneses, acompanharam a entrega de pares de calçados no município de Frei Paulo. A entrega foi resultado de um acordo em ação civil pública proposta pelo Ministério Público do Trabalho (MPT-SE) contra a empresa Vulcabras/Azaleia, Calçados e Artigos Esportivo.

A Vulcabras, empresa fabricante das marcas Azaleia e Olympikus, havia sido condenada no ano de 2013 a pagar uma indenização no valor de R$ 500 mil por dano moral coletivo. O valor deveria ser pago mediante a aquisição de um ônibus novo no valor de 300 mil reais que será destinado à Universidade Federal de Sergipe, para ser utilizado nas atividades do Núcleo de Pesquisa e Atenção à Saúde do Trabalhador. O restante do valor deveria ser pago através da produção de calçados do Grupo Vulcabras destinados às Secretarias Municipais de Educação nas cidades sergipanas onde a empresa atua.

Em cumprimento ao acordo realizado entre o MPT-SE e a Vulcabras, foram entregues 338 pares de calçados aos alunos da Escola Municipal Alice Oliveira, em Frei Paulo. A distribuição dos calçados será realizada ainda em outros municípios totalizando 1.662 pares de sapatos destinados a estudantes de escolas públicas.