Confiança treina para pegar o Lagarto

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Só um gol de pênalti, para superar a pericia do goleiro Everson, o grande nome do jogo, apesar da derrota
Só um gol de pênalti, para superar a pericia do goleiro Everson, o grande nome do jogo, apesar da derrota

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 17/04/2015 às 00:50:00

Copa do Brasil já era. A derrota para o Ce-ará na última quarta-feira eliminou o Confiança da competição nacional e agora as atenções estão voltadas para a nova frente do time proletário, o Campeonato Estadual, onde o Confiança lidera folgadamente o quadrangular e necessita de apenas um empate, para consolidar a classificação para a grande final.
A delegação proletária desembarcou em Aracaju às 16h10 desta quinta-feira. Os atletas foram liberados e marcada a reapresentação para a tarde desta sexta, quando será realizado um treino regenerativo para os que aturam quarta-feira e um treino com bola para os demais.

Na manhã do sábado será realizado o treino recreativo e depois iniciado o regime de concentração, com vistas ao jogo de domingo na Arena Batistão contra o Lagarto.
Sobre a derrota para time cearense, o treinador Betinho admite que o Ceará mereceu vencer. Segundo ele, a sua equipe conseguiu seguir o planejamento no primeiro tempo, mas se desgastou na etapa final. Ele ainda explicou por escalou o time com três volantes.
- No meu entender, nosso primeiro tempo foi bom. Criamos situações e não deixamos eles criarem. No segundo tempo o Ceará cresceu, até pela necessidade do placar. O Everson fez grandes defesas e sofremos o gol de pênalti. Tivemos uma situação com o Kível no final do jogo, que se fizesse fatalmente nos daria a classificação. Mas no contexto geral, o Ceará mereceu a vitória por ter criado mais. Jogou com mais volúpia em campo - avaliou Betinho.