Confiança abre mão de quatro jogadores

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O meia Rafael Ricardo será dispensado do Confiança. Na foto, ele aparece ao lado de Rafael Magalhães
O meia Rafael Ricardo será dispensado do Confiança. Na foto, ele aparece ao lado de Rafael Magalhães

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 17/04/2015 às 14:41:00

Ao mesmo tempo em que contrata joga-dores já com vistas à Série C do Campeonato Brasileiro, o Confiança processa a liberação de jogadores considerados dispensáveis e que não estão nos planos do treinador Betinho. Na manhã desta quinta-feira, o Presidente Luiz Roberto Dantas, anunciou os desligamentos dos atletas Wanderson Cafú, Jailton, Rafael Ricardo e Cezinha. "Esses jogadores não interessam mais ao clube e por PÁGINA isso serão liberados", declarou o presidente.

São jogadores que povoavam o Departamento Médico com frequência, os chamados "chinelinhos", com longo tempo de recuperação. "O Confiança não tem mais interesse nesses jogadores. Estou aguardando o retorno do supervisor Cley Sá, para liberar os atletas", adiantou Luiz Roberto.
O dirigente proletário explicou que a decisão não foi tomada antes, mediante o processo de recuperação dos atletas. "Como eles estavam sendo tratados, tivemos que aguardar a recuperação. Agora, já na transição, decidimos pela liberação dos jogadores Wanderson Cafú, o volante Jailton, o meia Rafael Ricardo e o zagueiro Cezinha", afirmou Dantas.

Wanderson Cafú mal vestiu a camisa do Confiança e se lesionou na partida contra o Boca Júnior, no returno da primeira fase do Campeonato Sergipano. Isso, no dia 1º de março, no estádio Augusto Franco, em Estância. O zagueiro Cezinha e o meia Rafael Ricardo apresentaram lesões depois do jogo contra o time do Coritiba, no Médici, em Itabaiana, também pelo returno no dia 14 de março. O primeiro, o joelho direito, e o segundo, um desconforto na musculatura da coxa.
O volante Jailton estava afastado se recuperando de uma lesão na musculatura da coxa e sua última participação foi no dia 21 de março, no clássico contra o Sergipe, na Arena Batistão, em Aracaju.
O goleiro reserva Rafael Sandes, foi mantido apesar de estar no "DM" do clube em recuperação de uma lesão grau dois, na musculatura da coxa, ocorrida no recreativo do dia 28, véspera da partida contra a Desportiva Socorrense.