Enfermeiros farão paralisação de 24 horas em Salgado

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 18/04/2015 às 10:55:00

Depois de não ter conseguido resposta da Secretaria Municipal de Salgado e nem da Prefeitura para agendar uma reunião com o Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Sergipe (Seese) e os profissionais para um diálogo, a categoria decidiu realizar uma paralisação de 24 horas e uma mobilização no dia 23 de abril, com a Clínica de Saúde do município como local de concentração. Na quarta-feira (15) foram reencaminhados os pontos da negociação que o município se nega a responder formalmente e nem informalmente.

De acordo com a diretora do Seese, Flávia Brasileiro, as reivindicações da categoria giram em torno da falta de reajuste salarial desde 2007, discussões em relação à própria assistência, condições das unidades de Saúde, do Programa de Melhoria do Acesso e Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). "Sobre o PMAQ, incentivo do Governo Federal. está sendo passado de forma irregular. E a questão do FGTS, o município desde maio de 2014 não faz o recolhimento deste fundo", explica a diretora, acrescentando que alguns pontos serão demandados judicialmente.