Cheques movimentaram R$ 211,4 milhões em Sergipe no mês de março

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 24/04/2015 às 14:53:00

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nas estatísticas do Banco Central, mostrou que, em março desse ano, o valor de cheques trocados em Sergipe registrou R$ 211,4 milhões, sendo 18,7% maior que o valor dos cheques compensados no último mês de fevereiro. Ao se comparar com março do ano passado, o valor transacionado por cheques foi 10,3% maior. No primeiro trimestre desse ano, o valor também apresentou crescimento, ficando 2,8% maior que o mesmo período de 2014.

No tocante aos cheques devolvidos no estado, no mês analisado, o valor atingiu R$ 65,7 milhões, sendo 21% superior ao valor apresentado no último mês de fevereiro. Na comparação com março de 2014, o valor de cheques devolvidos foi 11% maior.
Os cheques sem fundos, que representam grande parcela do valor total de cheques devolvidos, totalizaram R$ 59 milhões no terceiro mês desse ano, apresentando crescimento de 8,7% no comparativo anual. Em relação ao mês anterior (fevereiro/2015), o valor de cheques sem fundos foi 25% maior.

Quantidade de cheques - De acordo com os dados do Serasa foram compensados, em março desse ano, 108.772 cheques em Sergipe, representando um crescimento de 19,2% em relação ao mês anterior, na comparação anual houve redução na quantidade de cheques trocados, ficando 2,2% menor.
Foram devolvidos 11.608 cheques, por insuficiência de fundos, apresentando um crescimento de 25,5% em relação ao mês anterior e de 1,5% na comparação anual (março/2014). O percentual de cheques compensados sobre devolvidos foi de 10,67%, ficando 5,4% maior em relação a fevereiro, e 3,7% maior na comparação com março do ano passado.