Assinada ordem de serviço para construção de Centro de Reabilitação em Simão Dias

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 25/04/2015 às 02:26:00

O vice-governador Belivaldo Chagas assinou ontem ordem de serviço para construção do Centro de Reabilitação de Simão Dias. O Centro será erguido por meio da parceria entre o Governo do Estado e Governo Federal. São recursos da ordem de R$ 3,139 milhões, frutos de emendas parlamentares do senador Antônio Carlos Valadares e do deputado federal Valadares Filho. Com 19.357,019 m², o terreno que abrigará o Centro foi doado pelo Governo do Estado.
Com a ordem de serviço assinada, ficará autorizada a construção da infraestrutura do campus, a execução do serviço de terraplenagem do terreno, da pavimentação da via principal e estacionamentos, além da construção do acesso principal e da guarita de entrada. Serão implantados também os sistemas de suprimento de energia elétrica e de irrigação.

O Centro de Reabilitação de Fisioterapia funcionará como extensão do Campus de Lagarto em Simão Dias. A expectativa com a implantação é transformar o município no referencial de atendimento em fisioterapia, podendo atender a toda região, com área de atuação estendida a cidades do estado da Bahia.
"Essa ordem de serviço é mais um passo na expansão do ensino superior e técnico de Sergipe. Com esse Centro, fortalecemos a formação superior do estudante na área de saúde e melhoramos o atendimento da população da região, que não precisará ir para a capital em busca de tratamento. O governo investe na qualificação profissional de nossos jovens através da interiorização da Universidade Federal e da implantação de cursos profissionalizantes. Esse Centro é mais uma prova disso", declarou Belivaldo.

Terreno - A doação do terreno para o Centro de Reabilitação decorreu de aprovação, conforme Resolução 01/2014, de 30/01/2014, do Conselho de Administração da Companhia de Desenvolvimento Industrial e de Recursos Minerais de Sergipe (Codise), tendo em vista o papel e missão de transformação cultural, social, econômica e na área da saúde que o Centro proporcionará ao município, região e Estado. Na ocasião, reitor da UFS, Ângelo Antonelli, pontuou a parceria do governo com o crescimento da Instituição.
"Essa extensão da UFS, aqui em Simão Dias, é um sonho que hoje se realiza. Quem ganha com isso são os jovens de Simão Dias, que vão se apoderar desta ferramenta importante. A universidade não pode mais existir isolada, ela tem que existir dentro da conjunção das forças e da construção de uma sociedade melhor, por isso que ela tem que dialogar com a sociedade e com o poder público. Por isso, é importante essa união de forças, porque quem ganha com isso é a própria sociedade, que é por quem todos nós trabalhamos", declarou o reitor.