ALBANO E O OTIMISMO

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 26/04/2015 às 00:48:00

Sem ser exatamente um Candide, personagem no qual Voltaire encarnou o otimismo à toda prova, o ex-governador Albano Franco diz não haver crise que o faça perder a confiança em relação ao Brasil. Concorda com o ex-ministro Delfim Neto, cuja lucidez aumenta com o passar do tempo, sobre luzinhas já avistadas no fim do túnel, e repete que o Brasil é sempre maior do que as crises.