Carnaval será destaque em apresentação da Orquestra Sinfônica de Sergipe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 06/05/2015 às 15:12:00

Após o sucesso das suas últimas apresentações, a Orquestra Sinfônica de Sergipe volta ao palco do Teatro Tobias Barreto na próxima quinta-feira, às 20h30. O segundo concerto da Série Cajueiros, que faz parte da Temporada 2015 da Orquestra, tem como temática a multiplicidade de sons do carnaval brasileiro.
Em sua última apresentação, a Orsse levou o público sergipano ao delírio. Com o tema "Games & Dísney", o TTB aplaudiu de pé a orquestra. "Isso prova que o público sergipano tem, cada vez mais, cativado o gosto pela música clássica, o que é um dos maiores objetivos da Orquestra Sinfônica. O reconhecimento da temática também é importante e, por isso, este novo concerto também tem um apelo popular muito interessante, já que o carnaval faz parte da cultura brasileira de maneira muito forte", sugere o Secretário de Cultura, Elber Batalha.
O Concerto - Uma realização da Secretaria de Estado da Cultura, o Concerto terá a regência do maestro Daniel Nery, regente adjunto do grupo, e visa a proporcionar um encontro da música sinfônica com a popular. Para esta apresentação, a Orsse traz um programa que dialoga com as mais distintas formações musicais. Neste concerto, o público conhecerá a Orquestra em todas as suas facetas, como, por exemplo, os metais na "Fanfarra para um Homem Comum", de Aaron Copland, as madeiras na "Pequena Sinfonia", de Charles Gounod, ou a exuberância timbrística da "Abertura às Vespas", de Vaughan Williams.
Para o público presente, a "Segunda Sinfonia Carnaval", de Ernani Aguiar, será uma surpresa à parte. "O carnaval é uma mistura de cores e sons. Um carnaval sinfônico reúne, portanto, a energia da escola de samba aos instrumentos da orquestra, e ainda contará com a participação do próprio público. Certamente será um concerto imperdível", comenta Daniel Nery.

O programa - Embora tenha uma estrutura clássica com quatro movimentos, a Sinfonietta Carnevale é uma alusão às cores sonoras do carnaval brasileiro, utilizando-se de danças populares carnavalescas, animadas por um exuberante conjunto instrumental de percussão.
O primeiro movimento chamado "Samba", caracteriza-se por suas camadas de instrumentos de percussão com seus ritmos conflitantes. Além da percussão destacam-se os gritos agudos dos instrumentos de sopro de madeira que estão muito em evidencia neste movimento rápido e vivaz.