NEM MINISTÉRIO NEM ANVISA

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 09/05/2015 às 16:01:00

O ex-deputado federal Rogério Carvalho tem acumulado sucessivas decepções. Perdeu a eleição para o Senado, tornando-se impulsivamente candidato. As circunstâncias desenhavam um quadro bastante favorável para Eliane Aquino, a viúva de Marcelo Déda. Mas Rogério voltou-se contra ela sob a alegação de que Eliane não era filiada ao partido. Perdeu a eleição. Esperava vir a ocupar um Ministério, o da Saúde, caso o amigo Padilha houvesse sido eleito governador de São Paulo. E Padilha amargou uma acachapante derrota. Esperou, no mínimo, tornar-se dirigente da poderosa ANVISA, não conseguiu. Acomodou-se numa assessoria em Brasília, de onde assiste o agravamento da sua desimportância política.