Começa a campanha de João

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 26/07/2012 às 14:57:00

O ex-governador João Alves Filho (DEM) é o quarto candidato a prefeito a colocar o bloco na rua. Nesta quarta-feira, a partir das 6h30 e das 17h, está previsto o primeiro ato de campanha com a realização de panfletagem na Avenida Beira Mar, nos cruzamentos dos semáforos.

Já a partir das 20h acontecerá a inauguração do comitê eleitoral de campanha, que funcionará na Av. Ivo do Prado. Todos os candidatos a vereador da coligação, mais de 200, foram mobilizados para o ato político, assim como os presidentes de partidos e parlamentares que integram a coligação formada por 14 siglas partidárias.

João Alves, que lidera as pesquisas, quer fazer da inauguração do comitê eleitoral um grande ato de campanha. O objetivo é mostrar força política e apoio forte dos aliados.
A partir de amanhã começam a ser definidas as agendas de campanha, com a realização de mini-carreatas e caminhadas pelas ruas da cidade como já vem fazendo o seu maior adversário o deputado federal Valadares Filho (PSB), que tem o apoio de 10 partidos que integram a base aliada do governador Marcelo Déda (PT).

O candidato do DEM que teve um início de campanha muito tumultuado, mediante os ataques do candidato Almeida Lima (PPS) por conta da aliança com os irmãos Amorim, prefere desconhecer o problema para que não venha a respingar na sua candidatura. Conseguiu silenciar a filha Ana Maria que foi na defesa do marido, o deputado federal Mendonça Prado (DEM), que também se posicionou contra a aliança do DEM com os Amorim e chegou a fazer algumas acusações.

Só agora, nas entrevistas que vem concedendo à imprensa desde o último final de semana, que João Alves se posiciona com relação ao fato de voltar a ter como aliado os Amorim. Tem dito que o acordo foi para atender solicitação do grupo e que a aliança foi feita sem nenhum tipo de exigência, até porque o vice foi ele que escolheu sob o critério de maior afinidade política.

A intenção de João Alves é nesta eleição se manter à margem de qualquer polêmica e tocar sua campanha mostrando o que já fez por Sergipe e Aracaju quando governador e ministro e o que pode fazer como prefeito.
Resta saber se vai conseguir, pois ainda tem muita água para rolar por debaixo da ponte até as eleições de 7 de outubro. Os adversários não vão deixar por menos ...

Pela tangente
Ontem, no programa de Gilmar Carvalho, o candidato a prefeito João Alves Filho não confirmou e não negou se sendo eleito prefeito da capital este ano deixará a prefeitura em 2014 para ser candidato ao governo do Estado. Respondeu apenas que "quer administrar Aracaju e que no momento a meta é a capital". Para bom entendedor meias palavras bastam.

Efeito eleitoral

O cientista político David Fleischer, da Universidade de Brasília (UNB), avalia que as eleições deste ano vão promover um rearranjo com profundo reflexo no quadro sucessório de 2014. Um deles é o possível racha na aliança nacional entre PT e PSB. O outro é o fim do DEM, que deve se fundir ao PSDB ou ao PMDB.

Constatação
Em Sergipe se o DEM se fundir ao PSDB está tudo certo, pois os dois partidos já são aliados. Em Aracaju mesmo, João Alves é candidato a prefeito tendo como vice o agora tucano José Carlos Machado. Mas se a fusão for com o PMDB, imagine o vice-governador peemedebista Jackson Barreto tendo o ex-governador como correligionário?

Julgamento

Entrou na pauta de anteontem do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) o pedido de cassação do mandato do vereador Robson Viana por infidelidade partidária feito pelo Ministério Público Eleitoral, uma vez que no ano passado ele trocou o PT pelo PMDB. Durante o julgamento o relator do processo, o juiz Mário Cesar Vasconcelos Freire de Carvalho, votou pela improcedência do pedido.
Pedido de vistas
Divergindo, a desembargadora Marilza Maynard votou pela procedência do pedido, com a decretação da perda do mandato eletivo do vereador. Acompanharam a desembargadora a juíza Clea Monteiro Alves Schlingmann e o juiz Ronivon de Aragão. Em seguida, o juiz José Alcides Vasconcelos Filho pediu vista dos autos. O placar está 3 X 1 contra Robson Viana, que é candidato à reeleição.

Unanimidade

Já na sessão de ontem do TRE os membros do tribunal concederam a segurança pleiteada pelo candidato a prefeito da Barra dos Coqueiros, Airton Martins (PMDB), para determinar o cancelamento da anotação no cadastro eleitoral do ex-prefeito da restrição implementada por meio do ASE 540 (inelegibilidade), de forma que a certidão de quitação eleitoral seja expedida sem qualquer ressalva à condenação consignada no Acórdão TRE/SE nº 464/2009. O relator do processo foi o juiz Ronivon de Aragão.

Impugnado
O candidato a prefeito de Umbaúba Zé de Francisquinho (PDT) é mais um a ter sua candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral. A pedido do Ministério Público Eleitoral o juiz Antônio Carlos, do MPE de Umbaúba, acatou a solicitação baseado na Lei da Ficha Limpa. Cabe recurso.
Curiosidade
Zé de Francisquinho é candidato a prefeito numa coligação com PMDB/ PSL/PSC/PR/PPS/DEM/PSDB/PSD. Trocando em miúdos , ele tem o apoio de Jackson Barreto, dos Amorim e de João Alves Filho. Eleição no interior é um verdadeiro sarapatel de coruja.

Debate
Na próxima semana a Liberdade FM, através do programa apresentado por Evenilson Santana, realiza a primeira rodada de debate com os cinco candidatos a prefeito da capital. De acordo com sorteio, o primeiro a participar do debate no dia 30 de julho com 1h30 de duração é o candidato Rynaldo Nunes (PV).


Plano Diretor 1

A Câmara Municipal de Aracaju votou ontem mais 13 emendas do Plano Diretor. Dessas, os vereadores aprovaram nove e adiaram a votação de quatro por entenderem que são conflitantes ou precisam de mais esclarecimentos técnicos.

Plano Diretor 2

Entre as emendas aprovadas, a de nº 50, que propõe a ampla divulgação dos resultados de sorteios e qualquer outro processo de seleção de benefícios dos programas de habitação social. Entre as emendas adiadas, a de nº 46 que trata sobre a assistência aos dependentes químicos e a de nº 4 1 que promove a redistribuição espacial dos equipamentos de saúde através de uma política de localização mais justa e sua manutenção.

Em Sergipe
No próximo dia 3 de agosto será realizado em Aracaju, no plenário da Assembleia Legislativa, o seminário para apresentação e estudo do Projeto de Lei n º 1.572/2011 que institui o Código Comercial, disciplinando, no âmbito do direito privado, a organização e a exploração da empresa. A proposta está sendo analisada em uma Comissão Especial da Câmara dos Deputados, da qual o deputado federal Laércio Oliveira é vice-presidente.

Veja essa...

Durante reunião realizada anteontem à noite, em Lagarto, entre o candidato a prefeito Lila Fraga (PSDB) e aliados, o ex-prefeito e ex-deputado federal Jerônimo Reis avisou que se a irmã, a deputada estadual Goretti Reis (DEM), convidar João Alves Filho a subir no palanque de Lila, ele descerá. Jerônimo responsabiliza o ex-governador pela cassação do seu mandato de deputado federal.

Curtas

O senador Eduardo Amorim (PSC) visitou ontem o ex-deputado e ex-governador Gilton Garcia, no hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Gilton, que é vice-presidente do PTB, está na UTI daquele hospital em coma induzido vítima de uma meningoencefalite bacteriana.

O presidente estadual do PT, deputado federal Rogério Carvalho, recebeu ontem, em seu escritório em Aracaju, 24 candidatos a prefeito no interior do Estado. A reunião foi para discutir estratégias para as eleições 2012.
O senador Magno Malta (PR/ES) visitou Sergipe pela terceira vez no final de semana a convite do suplente de senador Lauro Antonio (PR/SE). Durante visita, participou do ato político da coligação da candidata a prefeita de Laranjeiras Martha Hagenbeck (PSC/SE) e do vice Gustavo Faro (PRTB/SE).

O deputado federal Mendonça Prado (DEM) é favorável à aprovação do Projeto de Lei Complementar n.º 114/11, que pretende regulamentar a autonomia financeira e orçamentária das Defensorias Públicas dos Estados, obtida por meio da Lei Complementar Federal nº 132/2009.