Quadrilha envolvida em tráfico e assaltos é presa em Propriá

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 26/07/2012 às 15:20:00

A Polícia Civil apresentou ontem cinco integrantes de uma quadrilha responsável por crimes cometidos na região do Baixo São Francisco, especialmente de tráfico de drogas, roubos e homicídios. Eles foram investigados e detidos por agentes da Delegacia Regional de Propriá (Baixo São Francisco), que fizeram uma operação na manhã de anteontem. Os acusados são Tomaz Santos da Silva, 23 anos, apontado pela polícia como o líder do bando, José Hamilton Caldeiro da Silva, o "Milton", 35, Fidevaldo Santos Feitoza, 31, o "Fidé", Everton Santos da Silva, 28, o "Chocolate", irmão de Tomaz e responsável pela coordenação e execução dos crimes, e Mário da Silva Oliveira, 32, o "Mário Bala".

Segundo o delegado regional Fábio Santana, o bando é suspeito de envolvimento em pelo menos seis homicídios ligados a transações do tráfico de drogas.  "Tomaz era muito temido pela população e era o chefe do tráfico de drogas na região e também acusado de uma tentativa de homicídio e roubos registrados na cidade. Ele fazia o gerenciamento do tráfico e seu irmão, o 'Chocolate', fazia as cobranças e ameaças aos usuários", destacou Santana.

Durante a ação policial, foram apreendidos quatro revólveres calibre 38 municiados, cerca de 50 pedras de crack, cocaína, maconha e R$ 300 em dinheiro. A operação visou cumprir 12 mandados de busca e apreensão e dois de prisão.  As prisões foram registradas no bairro Matadouro e no Conjunto Maria do Carmo. "Uma das armas apreendidas foi roubada de um vigilante da agência dos Correios em Itabi. O crime aconteceu no dia 11 de fevereiro de 2011", explicou o delegado.

Os envolvidos responderão por porte ilegal de arma de fogo, formação de quadrilha armada, tráfico de drogas e associação ao tráfico. Contra Tomaz e Everton existiam mandados de prisão em aberto relacionados a uma tentativa de homicídio.

Maconha - Também em Propriá, mas em uma ação de rotina do 2º Batalhão de Polícia Militar (2º BPM), um homem foi preso com sete quilos de maconha distribuídos em seis sacolas. A droga foi apreendida ao meio-dia de anteontem, após os militares receberem denúncia sobre um indivíduo que estaria transportando um saco de maconha perto de um posto de gasolina na saída da cidade.

O suspeito, identificado como Aldemir da Silva, foi abordado e detido com uma pequena quantidade de maconha. Ao ser interrogado, ele confessou o paradeiro do restante da droga, que estava armazenada em sua residência, na Invasão do Campo João Alves, nas imediações do posto de combustíveis. Os policiais foram ao local e a droga foi achada. Aldemir e o material apreendido foram conduzidos à Delegacia Regional de Propriá, onde o suspeito foi autuado em flagrante.