Jackson Barreto discute apoio ao Confiança

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Dirigentes do Confiança ao lado do secretário de Turismo e Esporte, Adilson Junior, foram recebidos pelo governador Jackson Barreto, que prometeu ajudar ao campeão sergipano
Dirigentes do Confiança ao lado do secretário de Turismo e Esporte, Adilson Junior, foram recebidos pelo governador Jackson Barreto, que prometeu ajudar ao campeão sergipano

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 29/05/2015 às 02:19:00

Givaldo Batista
Givaldobs@yahoo.com.br

O governador Jackson Barreto discutiu na manhã desta quinta-feira, 28, apoio ao time do Confiança, que disputa o Campeonato Brasileiro da Série C. Dirigentes do clube estiveram no palácio de Veraneio para pedir parceria, inclusive financeira do Banese, para dar continuidade à campanha do Brasileirão.
Para Jackson Barreto, apesar da crise em que o Estado se encontra, vai ser avaliada, junto ao Banese, possibilidade de realização da parceria. "Devemos tratar nossos times de futebol com muito respeito, afinal de contas, esse esporte é a alma do povo brasileiro e da gente sergipana. Neste momento de disputa do Campeonato Brasileiro, é muito justo que o poder público, dentro de suas limitações e até em função da crise que estamos vivenciando, dê também sua contribuição. Afinal de contas, se você ficar apenas analisando as dificuldades e o povo não tiver oportunidade de lazer, fica muito difícil atravessar a crise", declarou.

O governador ainda disse que vai se reunir com a direção do Banese na próxima segunda-feira, 1º, e buscar uma saída para o time proletário. "Vamos trabalhar para dar ao time, o mínimo de contribuição que pudermos nessa empreitada. O Estado, junto com o Banese, pode ganhar, mas, acima de tudo, vamos buscar alternativa para ajudar ao clube", finalizou.
A proposta do time, segundo afirma o vice-presidente João Quintiliano do Fonseca, é fazer uma boa campanha no Brasileirão, visto que o Confiança conseguiu o acesso à Série C.
"O apoio do governo é importante para essa caminhada. São 20 clubes nacionais que participam dessa série e dão visibilidade a suas cidades e municípios, e não é diferente com o Confiança. Por isso viemos pedir o apoio do Banese. O governador se prontificou em marcar reunião com presidente do banco para discutir esse assunto", destacou João, acrescentando que o objetivo do clube é se manter na série C, ou conseguir acesso a série subsequente.
Acompanharam a audiência os secretários de Esporte e Turismo, Adilson Júnior e de Comunicação, Sales Neto, o vice-presidente da Federação Sergipana de Futebol, Milton Dantas, o diretor do Confiança, Ernando Rodrigues, assessores do governo e membros da direção do Confiança.