Aracaju e o Mundial de Vôlei de Praia

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A super estrutura montada para receber os jogos do Mundial Escolar de Vôlei de Praia começou a ser montada e deve estar pronta até 10 de junho
A super estrutura montada para receber os jogos do Mundial Escolar de Vôlei de Praia começou a ser montada e deve estar pronta até 10 de junho


Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 01/06/2015 às 00:41:00

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br

A capital sergipana se prepara para receber o maior evento esportivo escolar, já realizado no Brasil. O Campeonato Mundial Escolar de Vôlei de Praia acontece em Aracaju, entre os dias 13 e 20 de junho, com a participação de 20 países, entres esses países as maiores potenciais desse esporte no âmbito escolar, como Inglaterra, China, França, Polônia e Alemanha.

A competição que será disputada em uma superarena, montada na Passarela do Caranguejo, na Praia de Atalaia, é uma promoção da International School Federation (ISF), realização da Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE), com apoio da Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA).
O Brasil é o último campeão mundial, título conquistado em 2013 na Manfredônia, com a dupla sergipana Duda/Carol. A presença do prefeito Joao Alves Filho naquela competição foi o passaporte principal, para que a competição fosse realizada no Brasil e Aracaju a capital escolhida, por atender todas as exigências constantes no caderno de encargos e o prefeito João Alves Filho, ter assinado sem restrições, o protocolo de intenções.

Super Arena - Uma das novidades da competição é a superestrutura que está sendo montada na Passarela do Caranguejo, para receber atletas, imprensa nacional e estrangeira, autoridades, dirigentes e convidados especiais. A montagem iniciada na segunda-feira 25 tem previsão de conclusão para o dia 10 de junho, três dias antes da solenidade de abertura do grande evento.
Com 5 mil metros quadrados, a super arena será dotada de sala de imprensa, com visão panorâmica para a quadra central, refeitório para 500 pessoas, camarotes vips, sala de hidratação e massagem, sala de convivência, salão  de jogos, todos esses ambientes climatizados.
A super arena terá ainda uma quadra principal e três quadras auxiliares, para treinos e aquecimento e arquibancada com capacidade para mil pessoas.

Até o momento, 16 países já confirmaram presença na competição. A perspectiva dos organizadores é que o Mundial de Escolar de Vôlei de Praia conte com a participação de 20 países, o que representa 40 equipes -masculino e feminino- e um total de aproximadamente 300 participantes, entre atletas, técnicos e dirigentes.
Já confirmaram presenças as seleções de Alemanha, Chile, China, Guatemala, Porto Rico, Índia, França, Polônia, Polinésia Francesa, Inglaterra, Chipre, Israel, Japão, República Dominicana e Brasil. Podem confirmar inscrição nos próximos dias as seleções do Peru, Argentina, Uruguai e Colômbia.