Construindo o Futuro forma 90 profissionais

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 26/07/2012 às 21:27:00

Mais 90 pessoas estão se capacitando a caminho do mercado de trabalho. São homens e mulheres que estão frequentando os cursos de pedreiro polivalente, gesseiro e aplicador de revestimento cerâmico, disponibilizados pela Prefeitura de Aracaju/Fundação Municipal do Trabalho (Fundat).  Trata-se do Projeto "Construindo o Futuro", inédito em Sergipe, porque além de qualificar o cidadão, também ocorre a inserção no mercado de trabalho. Isso vem sendo possível diante de parcerias que são firmadas com construtoras que absorvem a mão de obra preparada.

Construindo o futuro foi lançado em agosto do ano passado. A Fundat já formou oito turmas na área da Construção Civil, nos mais variados cursos, chegando a 11ª no dia 31 deste mês. Os cursos estão acontecendo no Ginásio do Sesi, no conjunto Augusto Franco, onde conta com um canteiro de obras (laboratório). As aulas são ministradas por instrutores do Senai, contratados pela Fundat. A entrega dos certificados está prevista para o dia 6 de agosto.

O primeiro passo para enfrentar uma faculdade de engenharia civil, na concepção de Gilvan Menezes Santos, 25 anos, é o curso de gesseiro. Diariamente, durante quatro horas, o ex-garçom e frentista está absorvendo novos conhecimentos. "Gosto da área da construção civil e, portanto, estou começando devagar. Pretendo trabalhar no canteiro de obras e, depois, cursar a faculdade. É um sonho que realizarei, com certeza", confirma.

"Para tudo se dá um jeito". A afirmativa é da dona de casa Selma da Silva, 36 anos, que está frequentando o curso de pedreiro polivalente, que entende que a mulher atualmente está desempenhando funções que até então estava voltada somente para homens. "Estamos quebrando paradigmas e entrando para o mercado de trabalho com força total", comenta, esclarecendo que já fez curso de inglês e informática, mas viu na construção civil o seu futuro como profissional.