Confiança treinou ontem no Petroclube

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Antes dos treinos com bola, jogadores do Confiança fizeram um trabalho de reforço muscular na academia, sob o comando do professor Carlos Alberto
Antes dos treinos com bola, jogadores do Confiança fizeram um trabalho de reforço muscular na academia, sob o comando do professor Carlos Alberto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 02/07/2015 às 02:11:00

Sem o estádio Sabino Ribeiro para os trei-nos com bola, a diretoria do Confiança definiu que fará treino itinerantes, na capital e no interior, antes da partida contra o Vila Nova-GO, marcada para a segunda-feira 6, à noite na Arena Batistão.   
Nesta quarta-feira 1º, o treinador Betinho levou os jogadores para um trabalho com bola no campo do Petroclube, na região de Atalaia. Na reunião entre os dirigentes e a comissão técnica, ficou definido que haverá dois dias para realização de treinamentos no Estádio Fernando França, em Carmópolis, na quinta-feira e no sábado.

Para o trabalho da sexta-feira 3, considerado o treino apronto, os dirigentes proletários conseguiram mais uma vez, a liberação do gramado da Arena Batistão, espaço cedido pela Secretaria de Turismo e Esporte do Estado (Setesp).  Nesse treino, Betinho aproveita para aplicar o desenho tático que pretende colocar em prática na partida contra o Vila Nova/GO, válida pela sexta rodada do Brasileiro da Série C.
O elenco ,do Confiança se reapresentou no Sabino Ribeiro, na tarde desta terça-feira 30. O clima leve e contagiante tomou conta do elenco, da comissão técnica e dos torcedores que compareceram ao clube para parabenizar os guerreiros azulinos, pelos três pontos conquistados na cara e na coragem, com muita garra e determinação.

Os atletas ficaram sob os cuidados do preparador físico Carlos Alberto,  que os submeteu a um trabalho de recuperação, com treino funcional e musculação, na academia do clube.
"Fizemos a suplementação dos atletas e realizamos esse trabalho, que visa auxiliar na recuperação muscular dos jogadores. É um tipo de treino extremamente importante e necessário, principalmente depois de um jogo extenuante desses, em que os atletas se  esforçaram, correram, e lutaram pela vitória durante os mais de 94 minutos de jogo", disse o preparador físico Carlinhos.