São Cristóvão: Conselho de Assistência Social elege representantes

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Os eleitos vão atuar no biênio 2015/2017
Os eleitos vão atuar no biênio 2015/2017

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 14/07/2015 às 22:59:00

A eleição dos novos membros represen-tantes da sociedade civil do Conselho Municipal de Assistência Social do município de São Cristóvão foi realizada na manhã dessa terça-feira (14), no Instituto Deus é Tudo, sede provisória da Secretaria de Desenvolvimento Social e do Trabalho (Sedest). Na ocasião, quatro representantes de entidades, nos segmentos de acolhimento e defesa dos direitos sociais, atendimento e assessoramento, além de uma representante da comunidade, foram escolhidos, para atuar no biênio 2015/2017.

"Essa é uma representação de grande importância para efetivar as políticas de Assistência Social em São Cristóvão. Eles serão as vozes da população, porque estão em loco, atuando em suas comunidades e vendo de perto quais as dificuldades enfrentadas. É através deles que podemos implementar melhorias", afirma Iraneide Santos de São Pedro, diretora de políticas de inclusão social da Sedest.

Finalizado o processo de votação os representantes das Instituições: Instituto Jesus o pão da vida (Ijepavi), Ação Popular e Cidadania João Bebe Água (Acijoba), Entidade Resplandecer, Entidade Beneficente André Luiz (Ebal) e Gilvânia dos Santos, foram eleitos como representantes do conselho de assistência social do município. Essas pessoas estão agora responsáveis por fiscalizar a execução dos trabalhos de outras instituições de assistência social privadas ou públicas dentro do município, além é claro de discutir soluções para as demandas trazidas por elas.

Para Edcarla Soraia dos Santos Feitosa, da Ação Popular e Cidadania João Bebe Água (Acijoba), poder fazer parte do conselho é uma grande honra e responsabilidade. "Nós somos um excelente instrumento de controle social, pois junto com a secretaria realizamos essa articulação. Essas ações são fundamentais para o processo de elaboração de melhorias de assistência social. Saber disso para mim é motivo de muita felicidade, mas também de muito trabalho", comenta.

Já Tânia Santos, representante da Entidade Resplandecer, localizada no Povoado Cabrita, se considera a voz da população mais carente do município. "Eu acho o trabalho que nós desenvolvemos aqui e nas comunidades muito importante, pois somos nós que damos voz às pessoas que mais precisam. Poder nos reunir e discutir as ações, com as assistentes sociais, é maravilhoso. Me sinto vitoriosa de ver tudo que elaboramos sair do papel e melhorar a vida de quem precisa. Fazemos isso por amor, pois nosso trabalho é voluntário, mas a satisfação que temos não há salário no mundo que pague", garante dona Santaninha.
Deixando a presidência do conselho de assistência social após dois anos de trabalho Luiz Carlos Freire França desejou aos novos representantes muito sucesso. "Meu desejo é para que continuemos unidos em prol do crescimento das ações para o povo e da própria secretaria. Estou deixando a presidência do conselho, mas volto como membro e desejo a todos boa sorte e vontade de trabalhar por essa gestão como eu fiz enquanto estive à frente desse projeto".