Socorro: Reunião reabre diálogo com empresários

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 07/08/2015 às 00:15:00

Representantes da Associação das Empresas do Distrito Industrial de Socorro (Assedis) estiveram reunidos na última quarta-feira (05) com o secretário Chico Dantas, do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec) e com o diretor de Recursos Minerais da Codise, Rosman dos Santos, quando apresentaram algumas reivindicações para que o complexo industrial - que atualmente abriga cerca de 80 indústrias - funcione a contento.
Com aproximadamente sete mil empregados trabalhando nas empresas instaladas, o Distrito Industrial de Socorro (DIS) se destaca entre os demais existentes no Estado, pela sua diversidade de negócios. São indústrias de artefatos de cimento, têxtil, confecção, embalagens plásticas, fabricação de sucos, cerâmica, alimentos, artigos de vidro, motocicletas, estruturas metálicas, metalurgia, entre outros segmentos, distribuídos em uma área de 371 hectares.
Os empresários abrigados no local apresentaram algumas demandas, inclusive visando que o distrito tenha mais condições de abrigar novos empreendimentos.  "Mais do que pensar nas indústrias que poderão vir pra cá, é necessário garantir o crescimento das empresas que já estão instaladas e produzindo no distrito, para que se expandam cada vez mais e possam enfrentar essa crise, por isso estamos pedindo que as nossas demandas sejam atendidas", destacou o empresário Diego Rossini, presidente da Assedis e proprietário da Indústria de Tintas Colortex, que há 13 anos funciona no local.
Durante a reunião foram destacados alguns problemas a exemplo de drenagem de algumas ruas do complexo, com coleta de lixo e falta de segurança. "Estamos reabrindo o diálogo com os empresários de Socorro, a fim de ouvir suas solicitações e agir junto ao governo do Estado e a Prefeitura do município dentro do projeto de transformar o Distrito Industrial de Socorro em modelo, com vistas a atrair cada vez mais novas empresas para Sergipe que tem uma ótima política de incentivos", ressaltou o secretário Chico Dantas.
De acordo com Rosman dos Santos, a Codise está atenta às reivindicações dos empresários. "Vamos atuar para resolver os problemas pontuais, inclusive a Codise está realizando um projeto para catalogar todos os distritos industriais do Estado, a fim de conhecer as necessidades de cada um", observou o diretor de Recursos Minerais da companhia.    
Para Celso Hiroshi, diretor Industrial da Escurial, fábrica de pisos e revestimentos também localizada no DIS, a reunião foi bastante oportuna. "Foi muito importante pois abriu uma perspectiva de encontrarmos a solução para os problemas existentes. O Distrito de Socorro precisa muito dessas ações", reforçou.