Confiança inicia treinos de olho no Águia

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O Professor Carlos Alberto trabalhou a parte física do grupo, iniciando a semana do Águia de Marabá
O Professor Carlos Alberto trabalhou a parte física do grupo, iniciando a semana do Águia de Marabá

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 19/08/2015 às 00:10:00

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br

A derrota para o Bo-tafogo-PB na Arena Batistão não estava nos planos dos proletários, por isso mesmo, o resultado foi recebido com certa surpresa pelos dirigentes, atletas e torcedores. Mas todos sabem também, que nem tudo está perdido e o time ainda reúne condições de lutar pela classificação, dependendo dos seus próprios resultados. Para isso basta vencer os próximos adversários.

 Essa luta pela classificação será reiniciada domingo em Marabá-PA, quando o time sergipano vai enfrentar o Águia, lanterna da competição com apenas seis pontos ganhos e a única equipe do Grupo A, que ainda não venceu. Será uma partida difícil, mas Betinho acredita em uma vitória.
A semana de trabalhos com vistas ao Marabá começou nesta terça-feira 18, com um trabalho físico comandado pelo professor Carlos Alberto, depois Betinho mandou ver em um treino técnico tático.
Pela manhã, os atletas ficaram apenas na Academia do Dragão, sob as ordens do professor Carlos Alberto.
Durante a atividade comandada pelo preparador físico Carlinhos, o elenco proletário fez exercícios de movimentação e resistência no próprio campo. Em seguida, Betinho colocou os jogadores para treinar finalizações das mais diversas formas e possibilidades, além de aprimorar os lances de bola parada e cruzamentos.

O técnico azulino aproveitou para falar sobre o próximo adversário. O Confiança joga no próximo domingo contra o Águia, às 16h00, no estádio Zinho de Oliveira, em Marabá, no Pará.  
- Será um jogo difícil, contra um adversário que ainda não venceu e espero que continue assim, espero que a gente saia de lá com os 3 pontos, que pra nós será fundamental para que possamos voltar a nos aproximar do G4 e volte a brigar por classificação, afirmou Betinho.