Governo garante ampliar ações de Pelotão da Caatinga no Alto Sertão

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Belivaldo Chagas recebeu deputado, prefeitos, vereadores e lideranças do Alto Sertão
Belivaldo Chagas recebeu deputado, prefeitos, vereadores e lideranças do Alto Sertão

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 26/08/2015 às 02:16:00

O Governo do Estado garante a ampliação das ações do Pelotão Especial de Policiamento em Área de Caatinga (Pepac), situado na região do Alto Sertão. A ideia da administração estadual é promover também o retorno do grupo da Polícia Militar para o povoado Vaca Serrada, em Porto da Folha. As informações foram passadas na manhã desta terça-feira, 25, durante reunião do governador em exercício, Belivaldo Chagas, e prefeitos, vereadores e lideranças da região.

A solicitação dos municípios sertanejos é que a sede do Pelotão da Caatinga volte a ser em Porto da Folha, visto que, por motivos estruturais, os profissionais da PM tiveram que ser remanejados para Glória. Os prefeitos temem que, com a mudança do polo, o índice de criminalidade do Alto Sertão suba. Para tranquilizar os representantes dos municípios, Belivaldo Chagas destacou que é compromisso não só dele, como de Jackson Barreto, que o Pepac retorne ao local de origem.

"Em time que está ganhando não se mexe. Dito isso, não há razão para que o Pelotão da Caatinga saia de Porto da Folha", comentou Belivaldo. Ele afirmou que esteve presente em uma reunião entre Jackson Barreto e o comandante da PM, coronel Iunes, sobre a transferência provisória do Pepac e que o governador externou sua preocupação com a região.
"Foi um compromisso assumido por Jackson Barreto em minha frente, e que foi dito ao comandante da polícia. Ele falou: 'desempenhe suas atividades, envie todos os esforços possíveis e imagináveis para que a gente faça, de imediato, a reforma do prédio para que haja o retorno do pelotão de Caatinga'. O que foi dito por Jackson prevalece. Tenham tranquilidade. O que nos resta é agilizar a reforma", relatou Belivaldo, prometendo mobilizar a PM, Secretaria de Infraestrutura e, se necessário, a PGE, para viabilizar as obras.

Os prefeitos e representantes dos municípios que estavam na reunião colocaram-se a disposição do Governo do Estado para colaborar com as obras de reforma e ampliação do Pepac. De acordo com Antônio Fernandes Rodrigues, gestor de Monte Alegre, a resposta do governo a respeito do retorno do pelotão foi bem recebida por todos. "Estamos mais que satisfeitos. Era isso que gostaríamos de receber do governador em exercício, a garantia do retorno da Caatinga para Vaca Serrada, que é justamente é o local onde deve estar atuando. Essa reunião nos traz tranquilidade e saímos felizes até por levar a notícia para nosso município e mostrar a população que a segurança da Caatinga vai retornar".

O prefeito de Poço Redondo, Roberto Araújo, explica que Vaca Serrada é o ponto mais estratégico da região, visto que o pelotão consegue atender com agilidade os municípios vizinhos. Ele também disse que os índices de crimes da região caíram desde a chegada da PM, há sete anos.
Já Albino Tavares, gestor de Porto da Folha, disse que o serviço desempenhado pelo Pepac atua não só na repressão, como prevenção de crimes. "A polícia de caatinga é muito eficiente, realmente de elite, e respeitada não só na região de sertão. A gente só ouve elogios de norte a sul do estado. Houve redução dramática da criminalidade da região em tão pouco tempo de criação. É uma polícia que trabalha com inteligência e que inibe crimes".

Estiveram presentes na reunião o deputado estadual Luciano Pimentel; vice-prefeitos de Canindé do São Francisco, Avelar Feitosa, e Porto da Folha, Francisco Barros; vereadores de Porto da Folha, Maria do Carmo Góis, Ricardo Aragão e Josenilton Feitosa, de Monte Alegre, Sérgio Murilo, Antônio Carlos, Francisco Lima e Osmar Rodrigues; coordenador da Casa Civil, Jorge Araújo; assessor do governo, Maurício Pimentel; além de representantes dos municípios.