Banese lança Universidade Corporativa

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O evento foi aberto pelo presidente do Banese, Fernando Mota
O evento foi aberto pelo presidente do Banese, Fernando Mota

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 22/09/2015 às 00:21:00

O Banco do Estado de Sergipe lançou no último sábado, 19, a Universidade Corporativa Banese (UCB), que tem a modalidade de Educação a Distância (EAD) como principal ferramenta para a disseminação de conhecimentos corporativos entre os colaboradores da empresa. O lançamento foi realizado no auditório do Banese da Avenida Augusto Maynard, em Aracaju, durante solenidade que contou com a presença de mais de 200 pessoas.

O evento foi aberto pelo presidente do Banese, Fernando Mota, que destacou a UCB como um dos principais projetos do Planejamento Estratégico da instituição para o período 2015/2020. "Este evento mostra a importância que o Banese dá ao conhecimento como instrumento fundamental para manter-se num mercado cada vez mais competitivo e continuar exercendo de forma cada vez mais forte o papel relevante que tem para a economia estadual", disse Fernando Mota.
Após o pronunciamento do presidente, o superintendente de Gestão Estratégica do banco, Luciano Cerqueira Passos, fez uma apresentação detalhada do projeto da Universidade Corporativa Banese, que considera "um marco" na história da instituição.

Segundo Luciano Passos, os principais benefícios que a plataforma de Educação a Distância da UCB trará para o Banese são o desenvolvimento das competências voltadas para o negócio do banco, abrangência das capacitações e formação continuada dos colaboradores, além da democratização do saber através da participação de todo o corpo funcional da instituição nos programas de capacitação.
"A estratégia principal do Banese atualmente é o desenvolvimento das pessoas para que elas possam conduzir com eficiência os projetos estratégicos do banco nos próximos cinco anos. A implantação da Universidade Corporativa Banese demonstra o quanto a instituição está preocupada com isso", disse o superintendente.

Melhor tecnologia - Durante o lançamento da UCB, o diretor regional da Universidade Estácio no Nordeste, Elísio Alcântara Neto, o diretor geral da Estácio/Fase, Paulo Rafael Monteiro Nascimento, e a presidente do Sindicato dos Bancários de Sergipe, Ivânia Pereira, também se pronunciaram, destacando a importância das Universidades Corporativas para o desenvolvimento das empresas e dos empregados. Segundo os representantes da Estácio, a plataforma da Universidade Corporativa Banese reúne "o que há de melhor no mundo" na modalidade de Educação a Distância.

Já a presidente do Sindicato dos Bancários, Ivânia Pereira, parabenizou a iniciativa do Banese, considerando que ela amplia a possibilidade de acesso dos baneseanos ao conhecimento. "O Banese é um banco em que cada sergipano se sente representado e o Sindicato dos Bancários também tem esse mesmo sentimento. Esta iniciativa investe não apenas no conhecimento para a empresa, mas vai acompanhar cada colega baneseano pelo resto de sua vida", disse a sindicalista.

O modelo de Educação a Distância adotado pela UCB é a educação online, baseada nas tecnologias da Internet. Algumas das suas principais vantagens são que o aluno define seu ritmo de estudo, dentro de um horário flexível, e pode estudar em seu próprio ambiente de trabalho ou em casa. A partir desta segunda-feira, 21, os 250 alunos do Banese que se inscreveram nessa primeira fase da UCB já terão acesso à plataforma da Universidade Corporativa, para fazer seus cursos.