Confiança treina de olho no Salgueiro

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O atacante Rômulo chamou para si a responsabilidade e marcou o gol da vitória do Confiança contra o América-RN
O atacante Rômulo chamou para si a responsabilidade e marcou o gol da vitória do Confiança contra o América-RN

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 23/09/2015 às 02:38:00

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br

É uma matemática sim-ples e objetiva. O Con-fiança necessita de apenas um ponto para figurar na próxima fase do Brasileiro da Série C. se vencer ou empatar domingo com o Salgueiro, o Dragão estará entre os oito finalistas e aí parte para o "mata-mata". Na próxima fase, as quartas de final, o Confiança terá apenas um adversário pela frente, em jogo de ida e volta.
A classificação nessa fase virá com uma vitória e um empate, ou até mesmo uma vitória e uma derrota, aí dependerá do saldo de gols das duas partidas. Assim, o futebol sergipano, nunca esteve tão próximo da Série B e por isso merece o apoio de todos os sergipanos. Então, vence ou empata com o Salgueiro e na fase seguinte pega o Londrina ou o Tupi e se somar três pontos estará entre os quatro finalistas, que serão as equipes que terão acesso à Série B, em 2016.

Preparativos - Nesta terça-feira 22, o treinador Betinho deu início aos trabalhos para a partida contra o Salgueiro, próximo adversário dos sergipanos. Atletas que não jogaram contra o América fizeram musculação na academia do clube. Foi um treino de fortalecimento muscular na academia do clube e em seguida, foram ao gramado realizar treino tático, sob o comando do técnico Betinho. Quem encarou o América-RN, participou de um trabalho de regeneração muscular com gelo.

Autor do gol da vitória contra o América-RN, o atacante Rômulo foi o mais assediado e despertou a atenção dos torcedores, durante a reapresentação. Rômulo não só converteu o pênalti, mas chamou a responsabilidade para si, quando colocou a bola debaixo do braço e pediu para fazer a cobrança. Ontem ele comentou a atitude.
- Nos treinos do dia-a-dia, o treinador deixa claro que aquele que estiver se sentindo bem, deve bater o pênalti. O grupo é experiente e vêm de três decisões com resultados positivos. Então eu estava me sentindo muito bem e fiz a cobrança, graças a Deus fazendo o gol, comentou o atacante.