Confiança já trabalha de olho em 2016

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Na reunião de planejamento ainda em Londrina, o presidente Luís Roberto confirma a permanência de Betinho para a próxima temporada
Na reunião de planejamento ainda em Londrina, o presidente Luís Roberto confirma a permanência de Betinho para a próxima temporada

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 20/10/2015 às 01:21:00

A delegação do Con-fiança só chegou a Aracaju na noite desta segunda-feira 19, onde foi recebida por um grande numero de torcedores que foram dar as boas vindas, parabenizar e agradecer aos atletas e comissão técnica, o desempenho da equipe no Campeonato Brasileiro da Série C. Se a classificação não saiu, pelo menos o time se manteve na Serie C e terá quatro competições oficiais na próxima temporada.
Já pensando na temporada de 2016 dirigentes proletários sob a coordenação do presidente Luís Roberto, com a participação do técnico Betinho. Na oportunidade, ficou definido que Betinho permanece na equipe para a próxima temporada. O Confiança além do certame estadual, em 2016 terá três competições promovidas pela CBF, uma regional e duas nacionais.  Copa do Nordeste, a Copa do Brasil e o Brasileiro da Série C e o certame estadual quando vai em busca do tricampeonato sergipano.    
- Betinho só sai do Confiança se quiser. Já conversamos com ele e como ele já está radicado em Aracaju já definimos a permanência do treinador para a próxima temporada.  Meu sentimento é de agradecimento aos jogadores e comissão técnica. Quero agradecer aos torcedores proletários que sempre nos apoiaram. Em 2016, o Dragão vai comemorar 80 anos de fundação e vamos brigar por todos os títulos, disse Luiz Roberto.
O presidente disse que o Confiança é dono da maior torcida do estado é o único que tem quatro competições oficiais na próxima temporada. "Ainda estamos em Londrina, mas já fizemos a primeira reunião de planejamento para 2016. Até porque o Confiança tem calendário, tem Copa do Brasil, do Nordeste, Estadual e Série C novamente. O Confiança é forte e vai chegar mais forte para 2016", reafirmou o presidente proletário.