Torcedor da último adeus a Henágio

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Um grande número de torcedores prestigiou o sepultamento de Henágio, cujo corpo foi velado na manhã desta terça-feira 27, no salão do estádio João Hora
Um grande número de torcedores prestigiou o sepultamento de Henágio, cujo corpo foi velado na manhã desta terça-feira 27, no salão do estádio João Hora




Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 28/10/2015 às 00:56:00

Um grande número de pessoas prestigiou o velório e o sepultamento do ex-craque Henágio, que aconteceu na manhã desta terça-feira, 27, às 11h00, Cemitério São João Batista. Antes porém, o corpo coberto com as bandeiras do Sergipe e do Santa Cruz, foi velado na sede do clube, onde o atleta foi alvo de muitas homenagens, por parte dos torcedores e dirigentes do time rubro.
O presidente Sílvio Santos prestou homenagem póstuma a Henágio e entregou à irmã do ex-atleta, Helenita Figueiredo, a medalha "João Hora Filho", maior comenda do time rubro, entregue às personalidades ou entidades, que prestaram serviços relevantes ao clube rubro. Uma homenagem no entanto chamou atenção dos presentes: a coroa enviada pelo único filho do jogador Henágio Júnior, que reside na Bélgica, impossibilitado de comparecer ao velório do pai.
- Henágio foi um dos maiores craques do futebol sergipano e um dos principais a vestir a camisa do Sergipe. Por isso, não poderíamos deixar de lhes prestar essa homenagem, que seria feita por ocasião do aniversário do time rubro, mas ele não estava aqui. Hoje prestamos essa justa homenagem, a um dos maiores ídolos da torcida rubra, disse o presidente Silvio Santos.
Atletas que atuaram com Henágio no Sergipe também prestaram sua homenagem: "Falar de Henágio é fácil, porque ele era uma pessoa diferenciada dentro de campo, atleta que fazia a diferença. Foi um dos maiores que já vi jogar. O mal que ele fez foi a si próprio. Infelizmente, perdemos esse jovem de 53 anos", comentou Luís Carlos Bossa Nova, colega de Henágio no inesquecível time do Sergipe.