Paulo Barreto passará por reforma

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O estádio Paulo Barreto, na cidade de Lagarto, terá obras de reformas e revitalização iniciadas no mês de janeiro 2016
O estádio Paulo Barreto, na cidade de Lagarto, terá obras de reformas e revitalização iniciadas no mês de janeiro 2016

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 29/10/2015 às 00:21:00

O secretário de Estado do Turismo e do Esporte, Adilson Junior, se reuniu na manhã desta terça-feira 27, com o presidente do Lagarto, Aloisio Andrade, o Prefeitinho, quando trataram de assuntos referentes à interdição do estádio Paulo Barreto de Menezes, que passará também por uma grande reforma no próximo ano.
O presidente do Lagarto expressou sua preocupação com a situação daquela praça de esportes, especialmente a estrutura física e dependências. Informou ainda que corria o risco da sua equipe não participar da competição, caso seus jogos não fossem realizados naquela praça de esportes.
 - Tivemos uma série de problemas este ano, nos deslocando para treinar e jogar em Simão Dias e, apesar da ajuda que recebemos do Governo do Estado, faltou o mais importante, o essencial, que foi o apoio da torcida, a presença do torcedor, lamentou o dirigente.
O secretário Adilson Junior demonstrou preocupação com a situação, mas tranquilizou o dirigente, afirmando que a reforma do Paulo Barreto já foi aprovada e a licitação será realizada nos próximos dias. Como se trata de uma grande reforma, com recuperação e revitalização de diversos setores do estádio, a obra que será iniciada provavelmente em janeiro de 2016, terá um prazo de 180 dias e só será concluída no segundo semestre do próximo ano.
- Não será uma pequena reforma, ou retoques. Será uma grande obra, orçada em R$ 2,7 milhões. O projeto elaborado pela CEHOP já está pronto e entrará nos próximos dias em fase de licitação. Serão realizadas obras de reforma nos sistemas elétrico, hidráulico e sanitário, melhorias nos vestiários e dependências do estádio, serão construídas rampas de acessibilidade e uma completa reforma no gramado informou o secretário Adilson Junior.

Avaliação - O presidente do Lagarto ouviu a posição do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Turismo e do Esporte (Setesp) e disse que levaria as informações para serem avaliadas pela sua diretoria, para que fosse tomada uma posição sobre a cidade, onde o Lagarto sediaria os seus jogos. As opções são Itabaiana e Simão Dias.
Definida a cidade sede do Lagarto, o secretário Adilson Junior disse que o governo ajudaria a equipe interiorana nas despesas de deslocamento, a exemplo do que aconteceu este ano. "Além da ajuda nas despesas de deslocamento, liberaremos o gramado para que o Lagarto realize os seus treinos diários no estádio Paulo Barreto e ainda faríamos a recuperação do gramado, para a realização desses treinamentos", concluiu Adilson Junior.