Campanha de Rose Morais à OAB amplia apoios na capital e interior

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 11/11/2015 às 00:02:00

A candidatura de Rose Morais à presidência da OAB ganhou mais fôlego em sua primeira semana de campanha e realizou diversas atividades que aproximaram ainda mais os candidatos da chapa 1 aos advogados da capital e do interior. Foram longas jornadas de diálogo e apresentação de propostas onde ficou evidente o pensamento da chapa A OAB Somos Todos Nós.

"Foi uma semana intensa", exclama Rose, relatando um sem número de ações que sua chapa realizou. "Visitamos a Prefeitura de Aracaju, cursinhos, fóruns, a exemplo do Gumercindo Bessa e o da Justiça do Trabalho, além de escritórios de advocacia aqui na capital e no interior, chegando mais perto dos nossos colegas advogados das cidades de Itabaiana, Lagarto, Campo do Brito e Carira, e em todas elas pudemos perceber a vontade de renovação que nossos colegas demonstram, dizendo não ao terceiro mandato e reafirmando a necessidade de uma Ordem, realmente, para Todos".

Além disso, a chapa realizou ações de ruas como o "adesivaço", uma operação para colagem de adesivo nos carros dos advogados que obteve extremo sucesso e um grande lançamento do espaço a OAB somos todos nós, que funciona como um ambiente de trabalho e congraçamento, onde o advogado pode buscar material de campanha, discutir sobre o programa da chapa, deixar sugestões de propostas e propor atividades.
"A ideia de termos um espaço de encontro foi fundamental, porque em todos os lugares por onde passamos os advogados perguntam aonde podem ter mais informações sobre o nosso grupo e como participar das atividades. Então, o espaço, reúne e organiza todos os que querem caminhar conosco", diz Rose.

Para o advogado criminalista Evânio Moura, "o próprio momento de inauguração do espaço já foi um grande momento da chapa, pois marcou a largada do grupo e pontificou os princípios que regem o programa da chapa: A cada ofensa, oferecemos uma proposta. Nossa caminhada é em defesa de uma OAB autônoma, independente e apartidária, onde cabem todos os advogados e não apenas uns poucos", diz ele.