Polônia quer aclimatação no Parque Zé Peixe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O técnico das seleções de natação da Polônia, Piotr Gegotek, avalia o Parque Aquático Zé Peixe, que pode ser o CT daquele país, antes das Olimpíadas Rio 2016
O técnico das seleções de natação da Polônia, Piotr Gegotek, avalia o Parque Aquático Zé Peixe, que pode ser o CT daquele país, antes das Olimpíadas Rio 2016

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 20/11/2015 às 00:04:00

A exemplo do que aconteceu com a Seleção de Futebol da Grécia, que fez o seu período de aclimatação e treinamento para a Copa do Mundo de 2014, na Arena Batistão, o Parque Aquático Zé Peixe, pode se transformar no Centro de Treinamento das seleções de natação da Polônia. Existe ainda a perspectiva, da Seleção de Futebol treinar na Arena Batistão. Assim, Aracaju se transformaria no QG polonês, no período que antecede os Jogos Olímpicos Rio 2016.

O treinador chefe da equipe de natação da Polônia, Piotr Gegotek, realizou uma visita de inspeção às instalações e piscina do Parque Aquático Zé Peixe, avaliando a possiblidade de trazer seus atletas, para treinamento e aclimatação em Aracaju. Gegotek esteve acompanhado de Petrus Ravazano, do comitê Rio 2016 e foi recebido pelo administrador do Parque Aquático Zé Peixe, George Oliveira.
O treinador polonês Piotr Gegotek e o intérprete Petrus Ravazzano, conheceram cada detalhe operacional do Parque Zé Peixe, maquinário, qualidade, forma de tratamento, turbidez e temperatura da água. Depois da inspeção no Parque Aquático, a comitiva se dirigiu à Arena Batistão, onde foi recebida pelo administrador daquela praça de esportes, Sidrack Marinho.

Em uma avaliação preliminar, Gegotek não descartou a possibilidade da aclimatação em Aracaju. Mas destacou que o parque aquático precisa de algumas adaptações, mas mesmo assim, será uma ótima base de treinamento, para a seleção polonesa de natação, em um período aproximado de 15 dias, antes da ida da sua seleção para a Vila Olímpica, no Rio de Janeiro. A seleção polonesa de natação masculina e feminina é formada por 20 atletas.
- Depois da seleção de ginástica do Japão, que pode usar o Centro Nacional de Ginástica Rítmica e o Constâncio Vieira, para aclimatação dos seus atletas de olho nas Olímpiadas Rio 2016, agora a Polônia demonstra interesse de incialmente, trazer suas seleções de natação. O Governo de Sergipe receberá todos de braços abertos e dispensará atenção especial, assim, como fizemos com a Seleção da Grécia em 2014, disse Adilson Junior, secretário do Turismo e do Esporte.