Seminário Nacional discute o Desporto Escolar

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O presidente da CBDE, o sergipano Antônio Hora Filho foi um dos homenageados na solenidade de abertura do Seminário Nacional, em Foz do Iguaçu
O presidente da CBDE, o sergipano Antônio Hora Filho foi um dos homenageados na solenidade de abertura do Seminário Nacional, em Foz do Iguaçu

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 01/12/2015 às 00:36:00

Dirigentes do desporto escolar de todo o Brasil, estão reunidos na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, para discutirem questões sobre o desporto escolar, conhecer exemplos de sucesso, trocar experiências e debater estratégias, para o desenvolvimento e crescimento desse tão importante segmento do desporto brasileiro.
O evento acontece no auditório do Hotel Recanto das Cataratas, em Foz do Iguaçu. A solenidade de abertura contou com as presenças de autoridades esportivas, políticos, dirigentes e gestores de esportivos.

O presidente da Federação Paranaense de Desporto Escolar, Clécio Martins, agradeceu a presença dos presidentes de federações estaduais, externou a satisfação de poder receber seus colegas e proporcionar momentos importantes, para se discutir o desporto escolar no Brasil.
Na solenidade de abertura, o presidente da Federação Paranaense de Desporto Escolar, Clésio Martins e o presidente Antônio Hora homenagearam personagens que contribuíram e contribuem para o sucesso do desporto escolar, como o presidente Sérgio Rufino, Reinaldo Alves, Edgar Hubner, Jan Cooler, Robson Aguiar e Stelios Daskalakis. O próprio Antônio Hora foi um dos homenageados.

"Nosso trabalho só pode trazer efeito positivo porque presidentes das federações estaduais do Desporto Escolar fazem com que a CBDE possa vir a público e apresentar sua estrutura de luta de 15 anos de criação", afirmou ou Antônio Hora, no momento da homenagem.
Um minuto de silêncio - Na sessão plenária do domingo 29, foi prestada uma homenagem póstuma ao professor Manoel Trajano Dantas Neto, de São Luis, Maranhão, falecido $durante a madrugada. A notícia da morte do professor Trajano foi recebida com muita tristeza pelos amigos e colegas da confederação. Os participantes do Seminário homenagearam o grande mestre do Atletismo, com um minuto de silêncio.