Roberval Davino aproveita 4 atletas do sub-17

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O meia Rafael Vila, que teve o seu tempo de calouro, valoriza os jovens atletas  do Sergipe
O meia Rafael Vila, que teve o seu tempo de calouro, valoriza os jovens atletas do Sergipe

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 23/12/2015 às 02:36:00

O treinador Roberval Davino é considerado como um treinador que gosta de promover o jovem atleta, dando oportunidade aos mais novos. "Esses valores depois de observados e avaliados, geralmente se transformam em craques no futebol. Mas precisam de uma oportunidade. E essa oportunidade nós sempre damos. Gostamos de trabalhar com o atleta jovem. Ele é sempre bem recebido no grupo", avaliou o treinador Roberval Davino.
Ele acompanhou a evolução de alguns valores da equipe sub 17 do Sergipe, que se sagrou recentemente campeã estadual e resolveu aproveitar quatro valores dessa equipe, promovendo à equipe de profissional do Sergipe.
- A conquista dos títulos nas equipes de base é uma prova que o trabalho está bom e tem apresentado resultados. No time sub-17 revelamos de seis a oito jogadores e isso é muito bom. Desses novos talentos, quatro já estão no time profissional, comentou o vice-presidente de futebol do Sergipe, Ramon Barbosa.

Com esse bom desempenho dos garotos, o técnico Roberval Davino resolveu dar oportunidade a alguns que derrotaram o Confiança no último domingo, no Presidente Médici, em Itabaiana. São eles: Igor (zagueiro), Renato (meia), João Vitor (atacante) e Lulinha (atacante).
Com 14 gols em 9 jogos, o artilheiro do estadual sub-17 agora busca espaço no elenco principal. "Foi um começo muito bom e agora vamos trabalhar forte, para que o professor Roberval possa nos utilizar bastante no elenco profissional", ressaltou João Vitor.

E se depender dos mais velhos, a parceria está garantida. Rafael Vila fala sobre esse intercâmbio e o que fazem para ajudar os jovens atletas que estão tentando firmar o nome entre os profissionais.
- Nós acolhemos bem todos eles. Sabemos das qualidades de cada um e sabemos também que, treinando conosco eles vão ter um desempenho ainda melhor. Vamos dando aquela força e passando tranquilidade - afirmou o meia Rafael.
Marcinho e Jailson - Os novos atacantes do Sergipe não estavam treinando normalmente com o restante do elenco. Ambos estavam no departamento médico. Um deles já voltou à ativa, Marcinho Beija-Flor, desde a última segunda-feira. Já o outro, Jailson, ainda segue tratando uma lesão.