A disputa já começou

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 05/01/2016 às 00:57:00

Pode até não ser, claro, mas todos os prognósticos apontam para o nome do deputado federal Valadares Filho (PSB) na disputa pela Prefeitura de Aracaju na eleição de outubro. Desde que foi derrotado nas urnas por João Alves Filho em 2012, quando de fato era praticamente um menino na política, Valadares Filho vem pavimentando seu caminho para chegar ao comando da PMA desta vez. Vai enfrentar, provavelmente, o mesmo João Alves. Só que dessa vez irá se deparar um João caquético, preguiçoso, distante da realidade, quase sem fôlego para dar prosseguimento à sua carreira política. Digno de carregar nos ombros a velha máxima: 'já deu o que tinha que dar'.
E não vai aqui nenhum preconceito político contra João Alves, homem que terá seu nome marcado para sempre na história local. Mas está na hora de deixar pensamentos mais atualizados agirem em benefício do povo. João não tem disposição para mais nada. Ao contrário de Valadares Filho. Ou até mesmo de qualquer outro candidato que entrar na disputa pela PMA neste ano.   

No entanto, encorajado por seu grupo político, que tem a simpatia do governador Jackson Barreto, Valadares Filho começou o ano partindo pra cima do provável adversário em outubro. "A sociedade de Aracaju está extremamente frustrada e cansada das promessas não cumpridas e do descaso instalado na prefeitura municipal. Tenha a certeza que este projeto, assim como fizemos em 2012, defenderá a renovação administrativa, as novas ideias, a modernidade com a coisa pública, a transparência e a gestão competente e comprometida", disse ele em recente entrevista concedida ao Jornal do Dia.
De olho na disputa, Valadares Filho aponta que Aracaju, nestes últimos anos, piorou em grande parte dos serviços públicos. Segundo ele, e com razão, até a limpeza da cidade, que é um serviço básico, ficou comprometida. "A nossa cidade não tem um planejamento de mobilidade urbana que melhore o trânsito. O tão falado BRT que modernizaria o transporte público não passou de enganação. A nossa saúde pública vive uma grave crise vivenciada pela população no dia a dia nas unidades de saúde. Os bairros da periferia, além de não terem suas manutenções satisfatórias, não têm nenhum tipo de investimento que melhore a vida das pessoas que ali moram. Uma futura gestão de Aracaju tem que estar comprometida, primeiramente em resolver os problemas gerados pela atual administração, como também ter um planejamento que organize o futuro da cidade, montando uma equipe sintonizada com aquilo que necessita a nossa Capital e comprometida em realizar um plano de governo que será debatido com a sociedade na campanha eleitoral".

Deputado federal no terceiro mandato, o filho do senador Antônio Carlos Valadares (PSB) já tem sua bandeira hasteada para a disputa. Ele defende, lógico, a renovação administrativa, a transparência e a gestão competente e comprometida como pontos determinantes no projeto que pretende apresentar aos aracajuanos daqui em diante. "Uma futura gestão de Aracaju tem que estar comprometida em resolver os problemas gerados pela atual administração, como também ter um planejamento que organize o futuro da cidade", anda pregando Valadares Filho. "Nosso grande diferencial é que os compromissos assumidos serão concretizados, porque este projeto não pensará meramente em vencer a eleição e sim terá o compromisso de melhorar a vida do povo de Aracaju", garante.

Sobre o tão almejado apoio político do PMDB do governador Jackson Barreto, junto aos outros partidos chamados progressistas, inclusive o PT, PCdoB, PSD, PDT e outros, Valadares Filho disse que seu grupo está se esforçando para que tudo permaneça como é hoje. "Temos defendido a unidade do nosso bloco político. Achamos muito importante para que possamos chegar durante o período eleitoral ainda com mais força. Estou otimista que, com a maturidade que tem os partidos aliados e a experiência que tem o nosso governador Jackson Barreto, que conhece Aracaju como ninguém, no momento adequado esse debate da união prevalecerá. Mas se não for possível sairmos todos juntos em torno de uma única candidatura, temos certeza que faremos uma campanha muito respeitosa", afirmou o pré-candidato.

Outros nomes
Só lembrando: além de Valadares Filho, o time da oposição em Aracaju tem ainda os nomes da deputada estadual Ana Lúcia, do ex-prefeito Edvaldo Nogueira, e dos deputados estaduais Garibalde Mendonça e Robson Viana lançados como pré-candidatos a prefeito de Aracaju. Eliane Aquino, a viúva de Marcelo Déda, corre por fora e pode até surpreender muita gente.
 
Laranjeiras
Começou ontem, 4, e prossegue até o domingo, 10, o 41º Encontro Cultural de Laranjeiras. Festa que já teve seus tempos áureos, mas que hoje sobrevive às custas da persistência de alguns órgãos ligados à cultura. Sem maiores malabarismos, a programação conta com o que há de mais popular e original na produção artística local. São dezenas de grupos folclóricos e musicais fazendo cortejos todos os dias pelas ruas da cidade histórica e nos palcos. Como atração na noite de sábado, o evento terá o cantor Guilherme Arantes. Na sexta-feira terá Chico Queiroga e Antônio Rogério, opção caseira para dar mais moral à festa da cultura popular.
 
Inconformados
O aracajuano continua inconformado com o reajuste no preço da passagem de ônibus coletivo. E muita gente promete fazer barulho para protestar contra a decisão do prefeito João Alves, com a conivência de alguns vereadores, que aumentaram o valor de R$ 2,70 para R$ 3,10. Hoje, dia 5, às 7h, a Frente Sergipana Brasil Popular realizará coletiva de imprensa para falar sobre o Veto Popular, o caminho para a Justiça revogar a lei que aumentou a tarifa de ônibus de Aracaju. A entrevista será no auditório da Defensoria Pública de Sergipe, na avenida Barão de Maruim, 94, Centro de Aracaju. Estarão por lá representantes de diversos movimentos populares, centrais sindicais, movimentos de juventude e estudantis que compõem a Frente Sergipana Brasil Popular.

Providencial
Muita chuva com relâmpagos e trovoadas durante toda a tarde de ontem em municípios do sertão, agreste e litoral de Sergipe. Teve até chuva de granizo em alguns deles. Bendita natureza.
 
Crime premeditado
O brasileiro passou boa parte de 2015 atordoado com a guerra política em Brasília que abriu brechas enormes para uma crise econômica desumana que atrapalhou - e ainda atrapalha - a vida de muita gente. E pelo visto, a depender do tresloucado presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, nada irá mudar nesse início de ano.
Nos primeiros dias de 2016 Cunha deu entrevistas afirmando acreditar que a presidente Dilma Rousseff poderá até conseguir os 171 votos de que precisa para barrar a abertura do processo de impeachment, mas que isso não significa assegurar a governabilidade após o embate.
 
Crime premeditado I
"Você dizer se o governo terá 1/3 dos votos para impedir o impeachment é uma coisa. Dizer que o governo vai ter governabilidade com esse terço para poder conduzir mudanças é outra realidade. Mesmo que o governo consiga impedir, ele vai impedir com uma margem muito estreita e vai mostrar que não tem uma maioria", avaliou Cunha. "Se o governo tem condição de amealhar um terço para impedir o impeachment? Pode. Se o governo tem condições de governabilidade com um terço, é difícil", acrescentou ao dizer que Dilma terá três anos de "governo capenga". Ou seja, trata-se de um crime premeditado contra o povo brasileiro.  
 
Os bebês da virada
Muita gente não sabe disso, mas bebês que nasceram no Brasil, de parto normal, entre 0h e 2h do dia 01 de janeiro de 2016 vão receber, gratuitamente, um plano de previdência com R$ 2.016,00 investidos. Sem sorteios e sem a necessidade de cadastro prévio. Para participar basta a família entrar em contato com a Icatu Seguros e apresentar a documentação pedida. Até o fim deste mês a família pode enviar a documentação para a empresa, e o regulamento e as informações estão no site www.osbebesdavirada.com.br. "A primeira ação foi um sucesso e superou nossas expectativas. Premiamos bebês de todos os cantos do Brasil e milhões de pessoas foram impactadas com a mensagem de que é preciso pensar no futuro desde cedo", afirma Aura Rebelo, diretora de Marketing e Canais da Icatu Seguros.

Turismo em alta
A cidade de Aracaju vive um bom momento no turismo. Mesmo não tendo tantos atrativos assim, a capital sergipana que tem um mar desprivilegiado de beleza está conseguindo atrair um bom número de visitantes vindos de outros estados. Desde a virada de ano, grande parte dos hotéis da cidade permanece com boa taxa de ocupação. Os pontos turísticos do Centro, principalmente nos mercados de artesanato, recebem grande número de turistas ávidos pelas compras tradicionais. O setor não tem do que reclamar.

Direito de resposta
A imprensa nacional divulgou que o ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou em 18/12 a suspensão da eficácia do Artigo 10 da Lei 13.888/2015, que regulamentou o direito de resposta nos meios de comunicação. A medida atende ao pedido liminar da Ordem dos Advogados do Brasil e suspende a aplicação do artigo que garantia somente a órgãos colegiados dos tribunais a possibilidade de concessão de recurso para sustar a publicação da resposta. "Admitir que um juiz integrante de um tribunal não possa, ao menos, conceder efeito suspensivo a recurso dirigido contra decisão de juiz de primeiro grau é subverter a lógica hierárquica estabelecida pela Constituição, pois é o mesmo que atribuir ao juízo de primeira instância mais poderes que ao magistrado de segundo grau de jurisdição", argumentou Toffoli. Na ação, a OAB defendeu a regulamentação do direito de resposta, mas afirmou que a lei não pode impedir a Justiça de coibir eventuais abusos contra direito de resposta abusivamente concedido. A decisão foi comemorada por muitos veículos de comunicação.

A humanidade não se divide em heróis e tiranos. As suas paixões, boas e más, foram-lhe dadas pela sociedade, não pela natureza
Charles Chaplin