Betinho não muda contra a Socorrense

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O Confiança passou fácil pelo Guarany e espera uma boa vitória, hoje contra a Socorrense, que estreou perdendo para o Sergipe
O Confiança passou fácil pelo Guarany e espera uma boa vitória, hoje contra a Socorrense, que estreou perdendo para o Sergipe

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 28/01/2016 às 00:26:00

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br

O Confiança faz esta noite na Arena Batistão a segunda partida pelo Campeonato Estadual. O time proletário entra em campo como favorito contra a Socorrense e não deve ter muitas dificuldades para conquistar a segunda vitória e manter-se na liderança da competição.
Para essa partida, o treinador Betinho adotou a estratégia de manter a mesma equipe que venceu o Guarany na segunda-feira por 3x0. "Acredito que temos muito a melhorar no decorrer da competição, mas também não vejo motivos para modificação, pois essa equipe é o que temos de melhor no momento", garantiu o treinador Betinho.
Os trabalhos do time proletários foram encerrados na tarde desta quarta-feira, 27, com um treino técnico no campo principal do Sabino Ribeiro. O trabalho se resumiu à finalizações, chutes a gol e cobrança de bola parada. Depois o grupo se recolheu ao regime de concentração.
Betinho gostou do rendimento da equipe contra o Guarany, embora admita que o time pode render muito mais nos próximos jogos.

Socorrense - Na Socorrense o treinador Guidon encerrou os trabalhos de campo um leve treino na tarde da quarta-feira 27, quando definiu a equipe para o jogo contra o Confiança. Essa partida deveria ser realizada no estádio Wellington Elias, como aquela praça de esportes passa por reformas, o jogo foi transferido para A Arena Batistão, mas o mando de campo pertence à Socorrense.
O treinador Guidon não gostou da derrota para o Sergipe, mas disse que o time esteve dentro dos padrões normais, executou aquilo que foi trabalhado durante a semana e por pouco não conseguiu o empate.
Esta noite contra o Confiança, Guidon espera uma melhor sorte e acerto dos seus atacantes. "Já ultrapassamos a expectativa da tensão da estreia. Agora é se conscientizar de que é só o início da competição e tem aquele frio na barriga, mas vamos trabalhar mais ainda para que nas próximas partidas a gente consiga o resultado positivo", destacou o treinador da Socorrense.