Edmilson deixa comando do Lagarto

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Carlinhos Riachão era auxiliar de Edmilson Santos e por isso tem muita afinidade com a equipe e conhece os jogadores do Lagarto
Carlinhos Riachão era auxiliar de Edmilson Santos e por isso tem muita afinidade com a equipe e conhece os jogadores do Lagarto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 05/02/2016 às 00:44:00

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br

No domingo 31, ainda no vestiário, depois da derrota para o Itabaiana no Etelvino Mendonça, o treinador Edmilson Santos entregou o cargo de treinador do Lagarto. A diretoria não aceitou e assim, o treinador teve a permanência alongada. Mas não foi muito longe, quarta-feira 3, depois de mais uma derrota do alviverde, a situação ficou insustentável e o treinador teve mesmo que deixar o comando do Lagarto.
Tudo indica que Edmilson não ficará muito tempo desempregado, pois deve ser anunciado nos próximos dias, como novo treinador da Socorrense, em substituição a Guidon, que também foi demitido após o empate em 1x1 com o próprio Lagarto. Todos sabem da afinidade que Edmilson tem com os dirigentes e a torcida da Socorrense, com quem chegou a ser vice-campeão estadual em 2014.  

Carlinhos Riachão - A diretoria do Lagarto não demorou muito a procura de um profissional para substituir Edmilson Santos. Na manhã desta quinta-feira, 4, o presidente Aloisio Andrade já anunciava o nome de Carlinho Riachão, como novo treinador da equipe alviverde. Riachão era auxiliar de Edmilson Santos e por isso conhece a fundo a equipe lagartense.
Junto com Edmilson estão deixando a equipe do Lagarto os atletas Moraes e Santos, que vieram do futebol paulista, além de Alan Dinamite, Denisson e Rodrigo, atletas que estavam no próprio estado. Atualmente, o alviverde é o nono colocado com apenas um ponto. O clube esmeraldino marcou três gols e recebeu sete, tem um saldo de -4.
- Sergipe todo conhece o trabalho do professor Edimilson, entretanto no time do Lagarto o mesmo não deu certo. Contudo, ficamos muito gratos com o trabalho realizado por ele na equipe, agradeceu Aloisio Andrade.
Até o próximo desafio, o alviverde terá 13 dias para se preparar. O duelo acontece no dia 17 de fevereiro no Etelvino Mendonça, em Itabaiana, contra o Guarany de Porto da Folha.