Juju Salimeni e presidente da Mancha Verde batem boca após carnaval

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 17/02/2016 às 00:05:00

O carnaval deste ano já acabou, mas parece que as polêmicas estão bem longe do fim. Pelo menos na escola campeã do grupo de acesso de São Paulo, Mancha Verde, os nervos estão à flor da pele.
O presidente da agremiação, Paulo Serdan, e a ex-musa da escola, Juju Salimeni, trocaram farpas por meio do Facebook, na segunda-feira (15).
Tudo começou quando a página oficial da escola de samba publicou uma nota escrita pelo presidente. Serdan explicou que a repórter do "Legendários" o procurou no ano passado para vir à frente da bateria, junto com a rainha da escola, Viviane Araújo.
"Então ficou acertado que conversaríamos com a Viviane sobre a possibilidade de as duas virem à frente da bateria. Conversa essa que ocorreu em nossa festa de aniversário, no dia 30 de outubro, e que a nossa rainha aceitou. Garanto que pisamos em ovos para ter essa conversa.Tamanho o respeito e carinho que temos por ela", escreveu o presidente.
Serdan ainda contou que depois disso, Juju Salimeni resolveu não desfilar mais pela escola de samba paulista. "Então só tenho que pedir desculpas a Viviane, em termos tido a falta de noção em pedir para ela dividir a frente da bateria com uma pessoa que não era de verdade de nossa comunidade."