Em 2015, arrecadação do ICMS caiu 2% em Sergipe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 24/02/2016 às 09:24:00

A arrecadação do ICMS no estado de Sergipe em 2015 ficou em mais de R$ 2,9 bilhões, com queda real de 2% em relação a 2014. A análise foi realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados do Conselho Nacional da Política Fazendária (Confaz).
A movimentação de bens, produtos e serviços dos setores primário, secundário e terciário contribuiu com mais de R$ 2 bilhões arrecadados ou 69% do montante recolhido para os cofres do estado.
Da comercialização e fabricação de produtos ligados ao petróleo e seus derivados, destinou-se com o pagamento do imposto, mais de R$ 558 milhões ao tesouro do estado, registrando crescimento real de 2,3%. Pelo uso da energia elétrica pagou-se mais de R$ 298 milhões ao estado com o tributo, crescendo 28,4% em relação a 2014.
A arrecadação do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), em 2015, chegou a quase R$ 160,8 milhões, apresentando crescimento real de 10,5% em relação a 2014.
O recolhimento do Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCD) ficou em R$ 18,5 milhões, com crescimento real de 50,3% na comparação com o ano passado. As taxas (pagas em função da contraprestação de algum serviço público) fecharam 2015 com queda de 6,7%, reunindo R$ 335 mil aos cofres públicos.