Clubes desistem da Copa Governo do Estado

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O presidente da FSF, Milton Dantas, lamenta a decisão dos clubes em não aceitar a realização da Copa Governador do Estado
O presidente da FSF, Milton Dantas, lamenta a decisão dos clubes em não aceitar a realização da Copa Governador do Estado

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 23/03/2016 às 00:12:00

A Federação Sergipana de Futebol (FSF) instituiu no seu calendário para o segundo semestre, precisamente mês de agosto, a realização da Copa Governo do Estado, competição que indicaria os dois representantes sergipanos no Campeonato Brasileiro da Série D. Seria uma competição motivada, pois guardava vagas para uma competição nacional.

Na tarde da segunda-feira 21, o presidente da FSF, Milton Dantas, se reuniu com os presidentes das equipes que participam do Hexagonal, para comunicar oficialmente a decisão da CBF, referente ao acréscimo no número de participantes do Campeonato Brasileiro da Serie D. Sergipe ganhou mais uma vaga e terá dois representantes na competição nacional.

Na oportunidade, os representantes dos seis clubes, decidiram por unanimidade, pela não realização da Copa Governador do Estado. Para eles, uma competição deficitária. Até porque, iniciando-se em agosto, as equipes teriam despesas enormes, como pagamento de pelo menos duas folhas de salario, para manter seus elencos. Isso sem contar com a geração de receita. Todos alegaram problemas financeiros e o fato de terem que garantir duas folhas de pagamento sem receita, com as atividades paralisadas.

Dessa forma, ficou decidido que os representantes sergipanos na Série D de 2016 e 2017, serão o campeão e vice-campeão de 2016, respectivamente. Caso seja o Confiança o campeão de 2016, irão para a Série D, os segundo e terceiro colocados. No caso do Confiança ser o vice- campeão estadual irão para a Série D, o primeiro e terceiro classificados. "Isso porque, a CBF exige que as federações apresentem até os nomes dos clubes que disputarão todas as competições por ela patrocinadas, até o mês de outubro do ano anterior", lembrou Milton Dantas.

Na tarde desta terça-feira 22, o presidente Milton Dantas comunicou ao presidente do Lagarto é assim fará com os demais presidentes das equipes que disputam o "Torneio da Morte".
- A FSF fez o seu papel. Criamos uma competição para dar calendário aos clubes no segundo semestre. Mas infelizmente a conjuntura do país, a situação financeira dos clubes levaram a essa situação e não teremos a Copa Governador do Estado, lamentou o presidente Milton Dantas.