Indústria de borracha pode gerar até mil empregos no agreste sergipano

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O presidente da Codise com os empresários
O presidente da Codise com os empresários

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 24/03/2016 às 00:28:00

Mais uma indústria vai se instalar no estado de Sergipe nos próximos meses. Isso ficou acordado ontem, 23, durante reunião do diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise), Vinicius Mazza, e os empresários Genivaldo Monteiro Santos e Serginaldo Agostinho Lemos, que desejam instalar no município de Carira, no agreste central sergipano, a Indústria e Comércio de Placas de Borracha Ltda, com investimento de R$ 10 milhões e perspectiva de geração de mil empregos com o empreendimento já funcionando nos três turnos.

Segundo Genivaldo Monteiro, que pleiteou o apoio locacional previsto no Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI), o empreendimento que pretende instalar em um dos galpões da Codise trata-se de uma indústria química de produção de borrachas. "Nela iremos produzir placas, produções de calçados de uma maneira geral, onde essa borracha será a matéria-prima dos calçados. Produziremos ainda solados para botas, em fim, tudo que for do ramo de borracha", disse o empresário.

Ainda na sua avaliação, com a instalação do seu novo empreendimento em Sergipe em um ano de funcionamento haverá a perspectiva de abrigar outras empresas que poderão ser suas fornecedoras em matéria-prima. "Ou seja, nossa empresa vai ajudar abrir outras novas empresas", afirmou Genivaldo Monteiro, agradecendo ainda a receptividade do presidente da Codise.

O presidente da Codise demonstrou satisfação em receber a visita de empresários dispostos a investir em Sergipe e garantiu a agilização no processo de concessão do galpão em Carira para instalação de uma nova indústria, que vai contribuir para o desenvolvimento econômico do estado com a geração de emprego e renda, que é uma das metas do governo Jackson Barreto.