Governador será homenageado pela Federação Brasileira das Academias de Medicina

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O governador durante reunião com dirigentes de academias de medicina
O governador durante reunião com dirigentes de academias de medicina

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 02/04/2016 às 00:43:00

O governador Jackson Barreto recebeu na quinta-feira, 31, no Palácio de Veraneio, uma comissão de médicos que compõe a Federação Brasileira das Academias de Medicina. Na ocasião, os médicos comunicaram a aprovação por aclamação da outorga do Título Benemérito da Federação ao governador, em votação realizada na quinta-feira, quando também foi eleito o médico sergipano José Hamilton Maciel para comandar a entidade nacional a partir de maio próximo.

O presidente da Federação Brasileira das Academias de Medicina, o médico paraibano Antônio Carneiro Arnaud, afirmou que a decisão da entidade em homenagear o governador é o reconhecimento do apoio e do trabalho de Jackson Barreto em defesa da produção cultural das Academias de Medicina e em defesa da saúde pública. Ele disse que o governador não mediu esforços ao ceder um prédio histórico de propriedade do Estado para abrigar a Academia Sergipana de Medicina. "Esse gesto foi muito grandioso e bastante aplaudido no Brasil. Não é comum vermos com frequência no país", acentuou.

O governador agradeceu a honraria e disse que é gratificante ser homenageado com um título dessa importância e natureza por força do reconhecimento do trabalho que ele desenvolveu ao longo de sua vida pública na defesa da saúde e da produção cultural das Academias de Medicina. Como a entrega do título está marcada para o dia 05 de maio, durante o ato de posse da nova direção da Federação, Jackson Barreto disse que esse título vai representar um grande presente de aniversário, já que ele completará 72 anos no dia 06 de maio.
O governador informou aos médicos que Sergipe conta com um Campi específico da saúde instalado em Lagarto, o que deverá ampliar a produção cultural dos médicos e acadêmicos sergipanos. "Sou um entusiasta do resgate da memória e história da medicina. Os médicos ligados à arte e a cultura são mais humanistas", ressaltou.

O presidente eleito da Federação Brasileira das Academias de Medicina, o sergipano José Hamilton Maciel, afirmou que as Academias de Medicina que estão congregadas à Federação Brasileira, tem a função de alavancar a história da medicina, seus valores e a história de vida dos médicos. Ele disse que a Federação se propõe a trabalhar o humanismo dentro da medicina, resgatando os valores originais da profissão e a boa relação médico/paciente no seu objetivo maior que é aliviar a dor.
Foram ainda eleitos nesta quinta-feira, os sergipanos Lúcio Prado Dias como secretário geral e Hildete Caldas como diretora financeira da entidade nacional. A vice-presidência ficou com o médico paulista, José Roberto Baratella. A posse será no dia cinco de maio, às 20h, no Quality Hotel, quando o governador também receberá o Título Benemérito.