Sergipe perde os atletas Hiago e Brendo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Treinador do Sergipe gostou do rendimento da equipe e diz que não vai se apegar à vantagem do empate
Treinador do Sergipe gostou do rendimento da equipe e diz que não vai se apegar à vantagem do empate

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 06/05/2016 às 00:22:00

O Sergipe tem alguns problemas para a partida de sábado contra o Itabaiana, partida que indicará o campeão sergipano da temporada. Quem vencer será campeão estadual de 2016, o Sergipe inverteu a situação e conta com o benefício do empate, enquanto ao Itabaiana somente a vitória interessa.
Para essa partida, o treinador Clemer Silva do Sergipe conta com dois problemas sérios. O atacante Hiago foi expulso e cumpre suspensão automática enquanto o volante Brendo está seriamente lesionado e não se recupera a tempo para essa partida. Hoje Clemer escolhe os substitutos.

O técnico Clemer comemorou a vitória contra o Itabaiana no primeiro jogo, mas ressaltou que a vantagem é pequena e poderia ser bem melhor. "Deixamos de marcar muitos gols no primeiro tempo, o que nos daria uma vantagem mais tranquila. Mas vantagem é vantagem e só vamos nos apegar depois do jogo. O objetivo é jogar para vencer, esquecer essa vantagem e só recorrer a ela caso seja realmente necessário", comentou o treinador.

O treinador disse que aos poucos o Sergipe vai conquistando seus objetivos. Um a um, um degrau passo a passo.
- Acho que o primeiro objetivo foi alcançado, que era tirar a vantagem do adversário. Foi um jogo de muita luta. Demos o nosso máximo e valeu por tudo. É uma vantagem pequena, não vamos para lá como se o empate fosse nosso trunfo, mas o adversário já não pode empatar. Como disse, a vantagem foi tirada, só não podemos deixar que essa vantagem venha a mudar nossa maneira de jogar.
Melhor jogador em campo Hiago lamentou sua expulsão nos minutos finais, situação que o deixou de fora do jogo do próximo sábado. "Estou triste por isso. Ninguém quer ficar de fora de uma decisão, mas fazer o que. Acontece dentro do futebol. Qualquer um pôde ver que não fiz nada. O árbitro quis me complicar e disse durante o jogo que ia me tirar. No fim, ele conseguiu. Mas tenho certeza que meus companheiros vão dar o melhor de si para sair com o título".