Palestra sobre a Lei de Arbitragem

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O ex-árbitro Alício Pena fala sobre emendas na regra de arbitragem para um auditório formado por profissionais do futebol
O ex-árbitro Alício Pena fala sobre emendas na regra de arbitragem para um auditório formado por profissionais do futebol

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 17/05/2016 às 00:05:00

O auditório do Sindicato dos Bancários recebeu na manhã desta segunda-feira 16, um grande número de atletas, técnicos, ex-árbitros de futebol, dirigentes e imprensa esportiva, todos ligados na palestra do ex-árbitro Fifa, Alício Pena Júnior, sobre as mudanças processadas a título de emendas, na Lei de Arbitragem.
Segundo Alicio Pena, as mudanças foram processadas na 130ª. reunião da International Football Association Board (IFAB), aprovadas por todos os filiados. No Brasil já estão em vigor em algumas competições, como o Campeonato Brasileiro da Série A, iniciado no último final de semana.

- Na realidade, existem muitas novidades. Das 17 regras oficiais de futebol, 16 sofreram emendas. Só não sofreu emenda a regra 2, que fala sobre a bola. Dessas emendas, algumas são novidades e realmente facilitarão o trabalho dos árbitros. Outras, no entanto, já existiam, mas não eram regulamentadas. Agora passam a integrar a Lei da Arbitragem de Futebol, informou Alicio Pena, acrescentando que a CBF já providenciou a impressão do novo livro, que será distribuído nos próximos dias.
Dentre essas mudanças estão a possibilidade de expulsão de atleta antes do apito inicial, a saída de bola em qualquer direção no início de jogo e a cobrança de impedimento, no local onde o atleta impedido recebe a bola.

A palestra que pela manhã foi para um público selecionado, como atletas, dirigentes e imprensa, no período da tarde foi destinada apenas aos oficiais de arbitragem, que são os árbitros e assistentes, inclusive com testes de avaliação. Nesta terça-feira 17, o ciclo de palestras prossegue nos dois expedientes, para os oficiais de arbitragem. Pela manhã no auditório do SEEB e à tarde no Jatobá Praia Hotel.

Presença maciça dos jogadores e comissão técnica do Confiança. Do Sergipe apenas o assistente técnico Elenilson Santos e supervisor Nelson Lima, que justificou a ausência dos jogadores. "Os atletas do Sergipe foram liberados e estão todos viajando. Senão estariam aqui também, porque palestras sobre arbitragem, sempre atraem a atenção dos atletas de futebol, que tem como obrigação ter um conhecimento mínimo sobre o assunto", justificou Nelson Lima.

Para o técnico Betinho, do Confiança, esse tipo de palestra ajuda no desempenho dos atletas dentro de campo.
 - É importante o jogador conhecer as leis de arbitragem e especialmente, as modificações quando existirem. O atleta conhecedor das leis vai respeitar mais o árbitro, não vai discutir e não induzirá os árbitros a marcar faltas inexistentes, porque sabem que serão punidos. Acho que esse tipo de palestra é muito importante, avaliou o treinador Betinho.