Albano defende investimento como carro-chefe para desenvolvimento

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O ex-governador Albano Franco fala para associados da Somese
O ex-governador Albano Franco fala para associados da Somese

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 17/06/2016 às 00:16:00

O ex-governador Albano Franco disse que o desafio atual da sociedade brasileira é iniciar um novo clico virtuoso de desenvolvimento no qual o investimento seja o novo carro-chefe. Foi durante palestra na reunião almoço desta quinta-feira, da Sociedade Médica de Sergipe, oportunidade que abordou o tema "O Desafio do Investimento" e defendeu que o passo decisivo para a retomada dos investimentos depende do resgate da gestão responsável e competente e da governabilidade política.

Ele reconheceu que essa é uma missão impossível para o governo interino do vice-presidente Michel Temer realizar em 180 dias, mas, admitiu que avanços decisivos poderão ser contabilizados neste curto espaço. Entre esses avanços, Albano destacou o de conceder alguma organização e racionalidade às contas públicas com a redução do mega déficit público estimado em 170 bilhões de reais. Outro avanço está vinculado a redução do déficit previdência, que este ano atingirá a estratosférica cifra de 139 bilhões de reais.

Para ele, o equacionamento desses dois imbróglios, a redução do déficit público e do déficit da previdência, "é decisivo para a retomada dos investimentos privados e, consequentemente, para o crescimento da economia brasileira". Albano reconheceu ainda que outras reformas deverão constar de uma agenda modernizante a exemplo da tributária e da trabalhista, mas que deverão ficar para outra etapa, caso o impeachment da presidente Dilma se concretize, mas, não descartou que ainda na interinidade, Michel Temer deveria avançar nas privatizações, "o que estimularia o investimento provado e proporcionaria recursos para o abatimento da dívida".

A concorrida palestra do empresário e ex-governador Albano Franco foi prestigiada por seleta plateia liderada pelo presidente da Sociedade Médica de Sergipe, Aderbal Aragão, e contou a presença de renomados profissionais da medicina sergipana, entre eles, o médico e ex-senador Francisco Rollemberg, José Hamilton Maciel, Lucio Prado, Paulo Mota, Paulo Amado, Ildete Caldas, George Caldas, Raimundo Soreto, Reginaldo Silva, Petrônio Gomes, Regis Meira e o médico e vereador Antônio Gonzaga, entre outros.