Saúde é o maior problema enfrentado na capital

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 12/08/2012 às 16:41:00

A Exatta também quis saber dos entrevistados em Aracaju quais seriam as ações emergenciais que deveriam ser adotadas pelo prefeito eleito: 90% entendem que é preciso melhorar imediatamente a qualidade do serviço de saúde oferecido à população.

A Saúde também é o serviço com menor avaliação na capital, segundo a Exatta: 67% dos entrevistados acham o serviço péssimo, 10% ruim, 18% regular, 4% bom e 1% ruim. Nesse quesito todos os entrevistados souberam responder.

A Segurança Pública, serviço sob a responsabilidade do Estado, é outro que causa grandes preocupações ao eleitorado: 64% acham que é péssima ou ruim. A Educação também é um setor onde a população demonstra carências: 60% dos entrevistados cobram soluções imediatas.

A geração de empregos (27%), solução para os problemas do trânsito (21%), melhorias no saneamento (15%), calçamento de ruas (13%), iluminação pública (5%) e abastecimento de água (3%) também são preocupações da população.

A coleta de lixo da cidade é o serviço mais bem avaliado pelos entrevistados da Exatta: apenas 1% da população cobra melhorias na área. O serviço é considerado bom por 64% e ótimo por 13% da população.