Desafio do Dragão é vencer o Ríver-PI

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O treinador Betinho e o professor Carlos Alberto comandaram trabalhos especiais, para os jogadores do Confiança na manhã de quinta-feira, na Arena Batistão
O treinador Betinho e o professor Carlos Alberto comandaram trabalhos especiais, para os jogadores do Confiança na manhã de quinta-feira, na Arena Batistão

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 24/06/2016 às 00:00:00

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br

A equipe do Confiança tem na tarde desse domingo um grande desafio: vencer o River-PI na casa do adversário. As duas equipes fazem campanhas pífias na competição, ainda não venceram e ocupam as últimas colocações do Grupo. O jogo de domingo será um confronto direto. Quem vencer pode até sair da zona de rebaixamento, porque o Cuiabá, primeira equipe fora do Z-2 conta com 5 pontos ganhos.
O treinador Betinho encerrou os trabalhos do Confiança, com um treino coletivo na manhã desta quinta-feira 23, na Arena Batistão. Depois do coletivo, o treinador deixou a equipe quase definida. Nesta sexta-feira 24, pela manhãs os jogadores participam de um treino recreativo, no Sabino Ribeiro e à tarde às 17h00 embarcam para Teresina, com conexão em Guarulhos e chegada prevista em Teresina para as 2h30 da manhã do sábado.  
Na manhã desta quinta-feira, o elenco realizou um treino técnico na Arena Batistão. O preparador Carlinhos Silva, coordenou uma série de exercícios voltados para o desenvolvimento da agilidade e da explosão dos jogadores. Após o treino físico, que durou cerca de 40 min., o treinador azulino realizou uma atividade em campo reduzido, quando deixou a equipe definida.
O desafio do Dragão é encarar o adversário fora de casa e pontuar de qualquer maneira, seja com empate ou, de preferência, com vitória. "Vamos encarar um adversário, que também está em uma situação difícil, e vai fazer o que puder para complicar a nossa vida. Temos que vencer o próximo jogo ou pelo menos empatar. Os atletas estão cientes do momento que estamos atravessando e da importância de conquistarmos um resultado positivo. E é isso que pretendemos trazer do Piauí: uma vitória, pois estamos trabalhando pesado para que isso aconteça", disse o Betinho, técnico proletário.