A vez de Garibalde

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 15/07/2016 às 01:35:00

Não se sabe ao certo qual o impacto que a saída brusca de Luciano Bispo da presidência da Assembleia Legislativa de Sergipe irá causar no andamento da Casa a partir desse segundo semestre que se inicia em 1º de agosto. Ontem, o deputado Garibaldi Mendonça (PMDB) foi empossado no cargo de presidente, meio atônito, mas ciente da missão que terá pela frente até que se defina um novo nome - ou se confirme o seu -, para presidir definitivamente o parlamento até 2018.
Com a decisão tomada também ontem pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negando agravo impetrado pela defesa de Luciano Bispo e mantendo a cassação do mandato, ficou difícil imaginar uma volta do ex-prefeito de Itabaiana à cadeira do parlamento nesta legislatura. Luciano, como já foi explorado exaustivamente pela imprensa local, perdeu o mandato por causa de problemas com suas contas na época em que foi prefeito de Itabaiana pela quarta vez. Fato impiedoso.
Mas como não tem nada a ver com isso, o correligionário Garibalde Mendonça, que era vice-presidente e já estava reeleito para ser novamente vice no biênio 2017-2018, assume agora o cargo e provavelmente não terá maiores problemas no exercício da função. Aliás, preparado ele está há tempos. É deputado estadual, sempre com significativa votação, desde 1998, estando no seu quinto mandato na Assembleia Legislativa.
Sereno e com bom trânsito em todos os setores da política local, Garibalde Mendonça acumula também a experiência de ter sido vice-presidente da Casa em gestões de Antônio Passos e de Angélica Guimarães. Pelos registros, nunca causou problemas para nenhum deles, mesmo quando não integrava o mesmo bloco ideológico dos companheiros de Mesa Diretora.
É bom lembrar também que Garibalde tem eleitorado fiel, sempre com campanhas bem representativas em quase todos os 75 municípios sergipanos. É um governista confiável e até preside o diretório municipal do PMDB em Aracaju, sempre em harmonia com os caciques do partido do governador Jackson Barreto.  
Na Assembleia Legislativa, ao longo desses anos, ele presidiu várias comissões temáticas, dentre elas a de Constituição e Justiça e a de Ética e Decoro Parlamentar. Já teve seu nome cotado para encabeçar chapas que disputavam a presidência algumas vezes, mas sempre recuou em nome de projetos de grupo. Por isso acredita-se que a vez de Garibalde Mendonça chegou de forma definitiva, mesmo não sendo da maneira ideal (eleição), mas certamente com o respaldo dos demais parlamentares que compõem aquele colegiado.

Posses
Segundo nota distribuída ontem pela assessoria parlamentar, a posse de Garibalde Mendonça na presidência da Casa foi discreta. Agora os holofotes se voltam para a posse de Conceição Vieira (PT), no lugar do deputado estadual cassado Luciano Bispo. Conceição, também uma veterana que havia ficado na suplência na eleição de 2014, tomará posse às 9h30 desta sexta-feira, 15, na Sala das Comissões da Alese. A de Garibalde, ontem, foi prestigiada por diversos colegas deputados, dentre eles Francisco Gualberto, Ana Lúcia, Goretti Reis, Georgeo Passos e Gustinho Ribeiro.

 Desafios iminentes
Nesse primeiro momento à frente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, o deputado Garibalde Mendonça terá dois grandes desafios a encarar. O primeiro diz respeito à comunicação social, principalmente na estruturação da TV Alese para que passe a operar em sinal aberto. Isso porque após os deploráveis episódios do mau uso das verbas de subvenções sociais por parte de alguns deputados, a imagem da Assembleia perante a sociedade foi jogada na lata do lixo. O que precisa ser mudado urgentemente.

Desafios iminentes I
O segundo desafio de Garibalde Mendonça diz respeito ao contorno adequado da crise econômica enfrentada pelo poder legislativo, já que depende financeiramente dos cofres do Estado. Há tempos a gestão de Luciano Bispo vem sendo obrigada a atrasar o repasse aos deputados da devida verba de gabinete. Também há problemas com alguns fornecedores de serviços e materiais, por isso os cortes na Casa precisam ser mais acintosos para colocar o trem nos trilhos novamente.

Agonia
E por falar em Assembleia Legislativa e suas chegadas e partidas, quase nada se ouve falar sobre a situação dos deputados Augusto Bezerra (DEM) e Paulinho da Varzinhas (PTdoB), afastados do exercício do mandato desde dezembro do ano passado. Por medida judicial, por causa do envolvimento no escândalo das verbas de subvenção social, os dois não podem sequer frequentar o prédio da Assembleia, quanto mais pensar em voltar a compor o legislativo imediatamente. Uma agonia tremenda, já que não existe data prevista no Tribunal de Justiça para julgar os recursos no pleno.

Uso do FGTS
Os trabalhadores da iniciativa privada poderão oferecer aos bancos, como garantia do empréstimo consignado em folha, parte dos recursos de sua conta vinculada do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e da multa rescisória. Isso será possível graças à aprovação de Medida Provisória 719/16 ocorrida esta semana no Plenário da Câmara dos Deputados. Pelo texto, a garantia poderá ser sobre até 10% do saldo individual da conta e sobre até 100% da multa paga pelo empregador em caso de demissão sem justa causa, despedida por culpa recíproca ou força maior. A matéria, que perde a vigência ainda em julho, foi enviada para o Senado.

Casa própria
O governo interino de Michel Temer - golpista, para alguns - dará sim continuidade a um dos programas sociais mais acalentados por Dilma Rousseff: o Minha Casa, Minha Vida. Mas vai mudar regras. Ontem, 14, o ministro das Cidades, Bruno Araújo, anunciou que priorizará o acesso ao programa às famílias que tenham crianças com microcefalia. "Neste momento em que o país, em especial a região nordeste do Brasil, sofre com a Zika e com o surto epidemiológico de microcefalia, o Ministério das Cidades, dentro das prioridades de atendimento de acesso a este programa (Minha Casa, Minha Vida), na faixa 1, passa estabelecer dentro das prioridades já existentes a prioridade máxima às famílias que tenham tido filhos portadores da microcefalia", disse o ministro.

Microcefalia
Segundo o Ministério da Saúde, já foram confirmados 1.687 casos de microcefalia na região. "Diante da gravidade da situação, o programa Minha Casa, Minha Vida irá disponibilizar as unidades habitacionais disponíveis para entrega e adaptadas para essas famílias", garantiu o ministro Bruno Araújo.

Edvaldo e o PT
O pré-candidato a prefeito de Aracaju pelo PCdoB, Edvaldo Nogueira, está empolgado com a movimentação da militância petista a seu favor. Na reunião de quarta-feira à noite num hotel da orla de Atalaia, centenas de petistas ligados aos agrupamentos de Rogério Carvalho, Francisco Gualberto e João Daniel confirmaram o apoio a Edvaldo. Espera-se que nos próximos dias outras correntes petistas ligadas a Márcio Macedo, Ana Lúcia e Iran Barbosa também façam o mesmo. O curioso é que na reunião de quarta, mesmo sendo o nome do PT a ser indicado para vice na chapa de Edvaldo, Eliane Aquino não compareceu.

PT na briga
Ontem à noite a executiva estadual do PT realizou mais uma reunião, na sede do partido, para discutir o mapa da eleição nos municípios, mas já pensando em 2018. Fizeram um amplo levantamento das candidaturas nas diversas cidades do interior e analisaram as chances de eleger prefeitos, vices e vereadores. No sábado, dia 16, tudo isso será colocado para a militância na reunião ampliada do partido que também definirá os nomes dos candidatos a vereador em Aracaju este ano. Além disso, o nome de Eliane Aquino, viúva de Marcelo Déda, deverá ser homologado para concorrer como vice na chapa com o PCdoB na capital.

Crise
A crise financeira que está fechando portas de lojas comerciais e até indústrias também fere de morte bares e restaurantes da capital. Ontem foi divulgado que os móveis e equipamentos do Pastelão, tradicional bar da orlinha da Coroa do Meio, serão leiloados pela justiça. Além da crise que afugenta clientes, as dívidas trabalhistas também ajudam a afundar os negócios. Lamentável.

Jovem senador
O Senado Federal divulgou ontem que as escolas públicas estaduais de ensino médio têm até 19 de agosto para inscrever estudantes no projeto Jovem Senador. Em sua sexta edição, o projeto seleciona anualmente 27 estudantes de escolas públicas de todo o Brasil por meio de um concurso de redação. O tema para este ano é "Esporte: Educação e inclusão". Os vencedores reúnem-se em novembro em Brasília para receber a premiação e atuar no Senado Federal durante três dias, propondo ações legislativas. Sergipe sempre leva bons representantes para este evento.

Nossa maior fraqueza está em desistir. O caminho mais certo de vencer é tentar mais uma vez
Thomas Edison

Greve de professores
Vem aí mais uma greve dos professores da rede estadual. O sindicato da categoria, Sintese, divulgou ontem que nos dias 02 e 03 de agosto o magistério da rede estadual estará paralisado. Isso, segundo eles, pelo descaso com a Educação, o desrespeito aos direitos do magistério e atraso/parcelamento no pagamento dos salários dos aposentados. Como sempre, a categoria interrompe as atividades por dois dias e quem sofre são os alunos que se distanciam cada vez mais das salas de aula.