Seleção feminina fica sem medalha

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Brasil perde de 2x1 para o Canadá e fica sem pódio nos jogos Rio 2016
Brasil perde de 2x1 para o Canadá e fica sem pódio nos jogos Rio 2016

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 20/08/2016 às 00:32:00

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br

A Seleção Brasileira feminina de futebol que iniciou tão bem a disputa do torneio olímpico fracassou nos jogos finais e o sonho da medalha virou em um tremendo pesadelo, com a tristeza da eliminação nos pênaltis para a Suécia e a perda da medalha de bronze na derrota de 2x1, para o Canadá nesta sexta-feira.
Na final do futebol feminino, a tática defensiva da Suécia segurou a Alemanha por um tempo inteiro na final do futebol feminino. Mas não foi suficiente. Mais agressiva, a seleção alemã conseguiu furar a retranca sueca e conquistou a medalha de ouro com uma vitória por 2 a 1, gols de Marozsan e Sembrant, contra - Blackstenius diminuiu.
Os Jogos Olímpicos Rio 2016 encerraram-se nesta sexta-feira sem nenhuma medalha para a Seleção Feminina de Futebol. Jogando na Arena Corinthians, em São Paulo, as comandadas de Vadão caíram para o Canadá por 2 a 1, na decisão de terceiro lugar e se despedem da competição com quatro jogos consecutivos sem vitória. As adversárias ficaram com o segundo bronze consecutivo, já que também conquistaram a medalha em Londrina 2012.

Na despedida dos Jogos Olímpicos Rio 2016, a Seleção Brasileira Feminina foi empurrada pela torcida na Arena Corinthians, nesta sexta-feira (19), diante do Canadá, e se empenhou até o fim para conquistar a medalha de bronze. Diante de uma equipe mais descansada fisicamente, o Brasil se mostrou incansável em campo, mas não conseguiu evitar a derrota por 2 a 1.
Aos 25 min, após cobrança de falta da Seleção Brasileira, a bola sobrou para Lawrence, que arrancou em contra-ataque pela esquerda e passou para Rose finalizar: 1 a 0.
No segundo tempo, Debinha entrou no lugar de Cristiane e o Brasil cresceu. Masaos 7 min, Rose cruzou rasteiro para a capitã Sinclair, que ganhou da zaga e ampliou para o Canadá.
Mesmo atrás no placar, as meninas do Brasil não desanimaram e lutaram até o fim. A veterana Formiga buscava o jogo a todo momento, aparecendo bem no ataque e na marcação. Persistindo, o Brasil chegou ao gol aos 33 minutos. Após bola lançada na área, Érika desviou para trás, e Beatriz girou bonito para diminuir: 2 a 1.
Empurrada pela torcida na Arena Corinthians, a Seleção Brasileira seguiu empenhada em campo. Até o apito final, a equipe criou chances com Marta, Érika, Beatriz, Debinha e Formiga, mas não conseguiu reverter o placar.